Menu
Busca quarta, 21 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
CONFLITO POR TERRA

Força Nacional vem ao MS atender invasões e tentar pacificar índios e produtores rurais

29 junho 2015 - 15h00

O Ministério da Justiça autorizou a vinda de uma equipe da Força Nacional para região sul de Mato Grosso do Sul para atuar nas áreas de invasões de indígenas a produtores rurais. A definição foi tomada durante reunião realizada na Câmara Municipal de Amambai, na última sexta-feira (26), que contou com a participação do presidente do Sistema Famasul - Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Nilton Pickler, e dos presidentes dos Sindicatos Rurais de Ponta Porã, Jean Pierre Paes, e de Amambai, Diogo Peixoto da Luz.

A iniciativa do encontro foi da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), por intermédio do GGI-Fron (Gabinete de Gestão Integrada).

A primeira reunião foi realizada no início da semana (23), no Sindicato Rural de Amambai, em decorrência das últimas invasões realizadas por grupos indígenas em duas propriedades rurais localizadas no município de Coronel Sapucaia. Metade das 89 propriedades invadidas no Estado ficam na região Sul e tem se tornado local de conflitos tensos entre indígenas e fazendeiros.

O último deles ocorreu na semana passada, na mesma região.

De acordo com o presidente da Famasul, a instituição busca a pacificação e a integração social entre índios e produtores.

"A federação tem atuado no sentido de orientar os produtores a buscar a Justiça e sempre evitar a violência" argumentou Pickler. Os presentes concordaram em criar uma força de trabalho para definir ações preventivas de invasões.

Na avaliação do delegado da Polícia Federal em Ponta Porã, Alcídio de Souza Araújo, para que a situação do Sul do Estado melhore, no que diz respeito a pacificação, é necessário adotar medidas imediatas. "Vejo algumas ações que, se fossem adotadas, combateriam as invasões, entre elas, a paralisação do processo de demarcação em terras invadidas", argumentou.

Ao final da reunião, o grupo recebeu a notícia de que uma equipe da Força Nacional será enviada pelo Ministério da Justiça para realizar patrulhamento e trabalho ostensivo na região do Cone Sul. O grupo de segurança pública deve se reunir na próxima semana para definir a estratégia operacional das policias que atuam na região.


Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Homem é preso com rifle e munições em estrada vicinal
BRASIL
Bebianno é confirmado como ministro da Secretaria-Geral da Presidência
TECNOLOGIA
Reinaldo dá sinal verde para nova fase de digitalização da TVE Cultura
DOURADOS
Grupo ABV realiza 5º Sorteio da Campanha Festival de Prêmios Abevê
FUTEBOL
De olho na taça, Palmeiras recebe América-MG pelo Brasileirão
DOURADOS
Período de matrículas na Reme inicia no próximo dia 3 de dezembro
PREVENÇÃO
Contra proliferação do Aedes, CCZ notifica 44 imóveis em situação crítica em Dourados
BR-163
Veículo roubado em Brasília é recuperado em MS
FAMOSOS
Bruna Marquezine é alfinetada por David Brasil após deixar de segui-lo
DOURADOS
Lar Ebenezer promove evento para comemorar os 30 anos da Instituição

Mais Lidas

TERRA ROXA
Homem é encontrado morto com lesão na cabeça em Dourados
BORORÓ
Adolescente morre ao tocar em cerca elétrica em Dourados
DOURADOS
Homem que energizou cerca onde menor morreu é preso em flagrante por homicídio
FAZENDA
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado e executado no Paraguai