Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
CONFLITO POR TERRA

Força Nacional vem ao MS atender invasões e tentar pacificar índios e produtores rurais

29 junho 2015 - 15h00

O Ministério da Justiça autorizou a vinda de uma equipe da Força Nacional para região sul de Mato Grosso do Sul para atuar nas áreas de invasões de indígenas a produtores rurais. A definição foi tomada durante reunião realizada na Câmara Municipal de Amambai, na última sexta-feira (26), que contou com a participação do presidente do Sistema Famasul - Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul, Nilton Pickler, e dos presidentes dos Sindicatos Rurais de Ponta Porã, Jean Pierre Paes, e de Amambai, Diogo Peixoto da Luz.

A iniciativa do encontro foi da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), por intermédio do GGI-Fron (Gabinete de Gestão Integrada).

A primeira reunião foi realizada no início da semana (23), no Sindicato Rural de Amambai, em decorrência das últimas invasões realizadas por grupos indígenas em duas propriedades rurais localizadas no município de Coronel Sapucaia. Metade das 89 propriedades invadidas no Estado ficam na região Sul e tem se tornado local de conflitos tensos entre indígenas e fazendeiros.

O último deles ocorreu na semana passada, na mesma região.

De acordo com o presidente da Famasul, a instituição busca a pacificação e a integração social entre índios e produtores.

"A federação tem atuado no sentido de orientar os produtores a buscar a Justiça e sempre evitar a violência" argumentou Pickler. Os presentes concordaram em criar uma força de trabalho para definir ações preventivas de invasões.

Na avaliação do delegado da Polícia Federal em Ponta Porã, Alcídio de Souza Araújo, para que a situação do Sul do Estado melhore, no que diz respeito a pacificação, é necessário adotar medidas imediatas. "Vejo algumas ações que, se fossem adotadas, combateriam as invasões, entre elas, a paralisação do processo de demarcação em terras invadidas", argumentou.

Ao final da reunião, o grupo recebeu a notícia de que uma equipe da Força Nacional será enviada pelo Ministério da Justiça para realizar patrulhamento e trabalho ostensivo na região do Cone Sul. O grupo de segurança pública deve se reunir na próxima semana para definir a estratégia operacional das policias que atuam na região.


Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é morto a facada e testemunha presa por não pagar pensão
BRASIL
Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares
RIO BRILHANTE
Dupla é flagrada com mais de 100 quilos de maconha em veículo

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
DOURADOS
Jovem é preso por tráfico internacional na rodoviária