Menu
Busca sábado, 19 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
POLÍTICA

Ex-prefeito e senador continua tratamento e quadro é estável

10 novembro 2017 - 16h20Por Da Redação

O ex-prefeito de Campo Grande e ex-senador da República, Juvêncio César da Fonseca, 82, está internado em apartamento particular na Santa Casa de Campo Grande, dando continuidade ao tratamento de insuficiência cardíaca.

Segundo informações do Correio do Estado, a princípio ele está estável, consciente e orientado, realizando fisioterapia e não há previsão de quando deixará o hospital.

Juvêncio deixou o Centro de Tratamento Intensivo na quarta-feira (8). Ele foi internado na terça-feira (7), com quadro de insuficiência cardíaca – doença crônica que provoca tosse, fraqueza e fadiga.

Advogado e político famoso no Estado, ele foi vereador de 1983 até 1985, quando se candidatou à prefeitura de Campo Grande. Eleito, comandou a cidade por dois mandatos. 

Assumiu o cargo de senador da República por Mato Grosso do Sul em 1998, tendo exercido o mandato até 31 de janeiro de 2007. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Cleo Pires arrasa de topless na praia e comenta o bronze: "torrada na foto"
SATURAÇÃO
Operação reforça abordagens a suspeitos e veículos na fronteira
JORNAL NACIONAL
Coaf aponta que Flávio Bolsonaro recebeu 48 depósitos suspeitos em 1 mês
IVINHEMA
Colisão envolvendo carreta e caminhão deixa motorista ferido
BALANÇA COMERCIAL
Com US$ 102 bi, agronegócio bate recorde de exportação em 2018
NOVA ANDRADINA
Polícia encontra 70 litros de cachaça artesanal com detentos em presídio
DE OLHO NO CÉU
Madrugada da próxima segunda-feira terá eclipse lunar total
CAMPO GRANDE
Ladrões são flagrados roubando telhado de empresa industrial
JUSTIÇA
Dois são condenados por falsificar documento para obter CNH
DE GRAÇA
Estão abertas as inscrições para aula de zumba na UFGD

Mais Lidas

POLÍCIA
Rapaz é preso acusado de realizar ‘disk-droga’ em Dourados
FAKE NEWS
Eleandro Passaia é chamado para depor em caso de morte de jogador Daniel
DOURADOS
Investigado por corrupção, Idenor Machado volta a ser preso
DOURADOS
Polícia não encontra e João Fava Neto é considerado foragido da Justiça