Menu
Busca quarta, 17 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
PONTA PORÃ

Ex-marido é condenado a 24 anos de prisão por matar médica

27 outubro 2017 - 06h24Por Da Redação

O corretor imobiliário Rafael dos Santos, 35 anos, foi condenado a 24 anos e seis meses de prisão por matar a médica Nislaine Colman Benites, 31 anos. O julgamento foi realizado na última quarta-feira, dia 25 de outubro, no Tribunal do Júri de Ponta Porã.

A médica foi assassinada com três tiros desferidos pelo ex-marido na manhã do dia  14 de dezembro do ano passado, no posto de saúde Dr. Nery de Azambuja, que fica no Bairro Jardim Marambaia, em Ponta Porã. 

O caso correu em segredo de Justiça, por isso ninguém, além de familiares e testemunhas, puderam acompanhar o júri. A informação sobre a pena foi confirmada pela assessoria da promotora Gislaine Dal Bó, qua acompanhou o caso.

Quarta-feira, familiares da médica oraram em frente ao Fórum de Ponta Porã, onde ocorria o julgamento. De mãos dadas, eles pediam a condenação do acusado.

CRIME 

De acordo com o site Ponta Porã Informa, Nislaine chegou no local de trabalho e foi até a cozinha tomar café, ocasião em que viu o ex-marido se aproximando, armado. A médica correu e trancou a porta, mas Rafael desferiu um tiro contra a porta e, em seguida, assassinou a mulher com disparos de arma calibre .380.

Conforme informações de testemunhas, o corretor de imóveis chegou no posto de saúde em uma motocicleta e, antes de fugir, deixou cair o capacete.

A vítima trabalhava no Programa Mais Médicos e é filha do vereador reeleito em Ponta Porã pelo PSDB, Marcos Benites, o Marquinhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

REPAROS
Sites do governo do estado foram restabelecidos após problemas técnicos
PANTANAL
Briga por ração de gado termina em assassinato em fazenda
POLÍCIA
Operação Hipster apreende comprimidos de ecstasy em vários estados
HOMENAGEM
Plenário do Tribunal do Júri de Fátima do Sul terá nome de servidor
EDUCAÇÃO
MEC libera R$ 2 milhões para universidades e institutos federais do MS
PÂNICO
Menino entra armado e dispara dentro de escola na Capital
ECONOMIA
Dólar fecha o dia em queda de 1,04%, o menos valor desde 25 de maio
MATO GROSSO DO SUL
STJ adia para dia 24 julgamento de arquivamento de inquérito contra governador
BRASIL
Senado aprova MP que cria cargos no Ministério da Segurança Pública
CRIME AMBIENTAL
Trio é detido e multado em R$ 15 mil por pesca predatória

Mais Lidas

DOIS DIAS DEPOIS
Servidora pública é encontrada nos fundos de residência que estava para alugar
DOURADOS
Cinco anos após crime, acusados pela morte de vendedor douradense vão a júri popular
CENAS DE CINEMA
Perseguição e troca de tiros termina com veículos recuperados em Dourados
DOURADOS
Familiares continuam na busca por mulher desaparecida e criticam falsos alertas