Menu
Busca segunda, 21 de maio de 2018
(67) 9860-3221
CAMPANHA FIEMS
EDUCAÇÃO

Estudantes da Rede Estadual de Ensino voltam às aulas nesta quinta-feira

14 fevereiro 2018 - 19h05

Nesta quinta-feira (15.2), os estudantes da Rede Estadual de Ensino voltam às aulas. São mais de 250 mil crianças, jovens e adultos que buscam conhecimento, espaço do mercado de trabalho e troca de experiências com colegas e professores. Só em Campo Grande, são mais de 60 mil estudantes nas 79 escolas estaduais, matriculados nos ensinos fundamental e médio, educação profissional e educação de jovens e adultos (EJA).

Para 2018, o Governo do Estado adquiriu 290 mil kits escolares, apropriados para cada etapa de ensino. Inicialmente cotados a R$ 12,6 milhões, os kits foram adquiridos a R$ 8,4 milhões – por meio de adesão de ata de registro de preço do FNDE/Ministério da Educação, com uma economia de R$ 4,2 milhões.

Além do kit, a SED entrega também o uniforme. Cada estudante novo recebe duas camisetas e os antigos uma. As 300 mil camisetas foram compradas em novembro de 2017, quando foi finalizado o processo licitatório. Segundo a Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), cada uniforme foi comprado por R$ 7,45, o que mostra investimento de mais de R$ 2,2 milhões.

Alimentação Escolar

Os valores repassados pela União/FNDE para a alimentação escolar terão este ano, pela primeira vez desde a sua implantação, a complementação do Governo do Estado para todas as modalidades de ensino. Serão liberados quase R$ 5 milhões a mais, que beneficiarão todos os estudantes da Rede Estadual de Ensino (REE). As escolas estão em processo de compras para que tenham tranquilidade e alimentação desde o primeiro dia de aula.

O reajuste será de R$ 0,09/estudante/dia, ou seja, de 25% para estudantes do ensino fundamental e médio, e de 28% para a Educação de Jovens e Adultos (EJA), público que representa 95,5% dos atendidos pelo programa. Os demais terão aumento médio de 8%. Esses percentuais referem-se à complementação per capita/refeição a ser aplicada. O orçamento do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) para 2018 é de R$ 28,7 milhões. Desse total, R$ 8,6 milhões têm como destino a compra de alimentos produzidos por agricultores familiares.


Para a secretária Maria Cecilia Amendola da Motta com a complementação é possível melhorar ainda mais a qualidade da alimentação, contribuindo para a aprendizagem e o rendimento escolar dos estudantes. “Esta é a primeira vez que o valor da merenda é complementado com recursos próprios em todas as modalidades. Até então, somente 4,5% da rede era contemplada”, informa a secretária.

O PNAE transfere recursos a estados e municípios, ao Distrito Federal e a escolas federais, com o objetivo de suprir as necessidades nutricionais dos estudantes de toda a educação básica (educação infantil, ensino fundamental, ensino médio e educação de jovens e adultos) matriculados em escolas públicas, filantrópicas e comunitárias conveniadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL
No Mês da Indústria, Fiems promove amanhã, palestra sobre energias renováveis
IMPRUDÊNCIA
Embriagado, homem se envolve em acidente e acaba preso
Fato aconteceu na noite de ontem (20), por volta das 19h
CAMPO GRANDE
Procon recolhe produtos vencidos e abre processo contra rede de supermercados por publicidade enganosa
CONTRA O PREÇO DO DIESEL
Manifestações interditam trechos de duas BR’s em MS
DOURADOS
Força-tarefa remove árvores caídas com vendaval
UNIGRAN
Acadêmicos de Administração criam produtos inovadores em aula de empreendedorismo
DOURADOS
Morre aos 95 anos ex-combatente da 2ª Guerra Mundial
DOURADOS
Ladrão invade loja pelo telhado e furta produtos de limpeza
CIDADES
Carga de cigarros que seria levada para noroeste de MS é apreendida
OBRAS
Confira os pontos de bloqueio nas principais avenidas de Dourados

Mais Lidas

BR-163
Caminhonete carregada com maconha é encontrada abandonada em posto de Dourados
CAMPO GRANDE
Chefe de quadrilha investigada pela PF foge de presídio
PEDRO JUAN
Mulher é executada a tiros na fronteira
DOURADOS
Mão cortada denuncia homem que quebrou porta de vidro para furtar loja no Centro