Menu
Busca Domingo, 17 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Reveillon - Clube Indaiá
DECISÃO

Estado terá que fornecer alimentos a presos de Sonora

07 Setembro 2017 - 07h15

O Juiz de Direito em Substituição Legal Francisco Soliman acatou o pedido do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio do Promotor de Justiça Substituto Michel Maesano Mancuelho, e determinou que o Estado reestabeleça, no prazo de 48 horas, o fornecimento de alimentação aos presos recolhidos na Cadeia Pública anexa à Delegacia de Polícia Civil de Sonora.

O Ministério Público Estadual ajuizou Ação Civil Pública contra o Estado de Mato Grosso do Sul obrigando-o ao fornecimento da alimentação dos presos recolhidos na Delegacia.

De acordo com os autos, o Estado não realiza o pagamento ao fornecedor de serviços há mais de três meses, o que levou o Conselho Municipal da Comunidade, embora não tenha obrigação legal para tanto, a despender recursos para custear a alimentação dos presos.

O MPMS buscou também explicações junto ao Estado, mas não houve solução.

Diante dos fatos, o Ministério Público Estadual requereu, portanto, em sede de Tutela Provisória de Urgência, a determinação para que o Estado seja compelido a restabelecer e regularizar o fornecimento de alimentação aos presos recolhidos na Cadeia Pública, sob pena de multa diária.

O Juiz de Direito em Substituição Legal acatou o pedido do MPMS e, caso haja descumprimento da decisão no prazo definido, de 48 horas, o Estado ficará sujeito ao sequestro (bloqueio) de valores do erário para fins de custear alimentação dos presos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PLEITO
Crea/MS divulga resultado parcial da eleição para nova diretoria
FRUSTRADO
Mulher é assaltada quando chegava em casa na Vila Aurora
EXPANSÃO
Novo voo internacional ligará MS a nove países até 40% mais barato
DOURADOS
Após denúncia polícia fecha “Boca da Jéssica” no João Paulo II
POLÍTICA
Tucano que votar contra reforma da Previdência será punido, diz Alckmin
TRÁFICO
Homem é preso com 715 quilos de maconha na MS-276 em Indápolis
TELEVISÃO
Grazi Massafera já pensou em deixar de ser atriz; "não amava o que fazia"
ACORRENTADO
Recuperada caminhonete de homem encontrado no rio Dourados
EDUCAÇÃO
UFGD oferece 36 cursos de graduação pelo sistema do SISU
MESMO CRIME
Dois são condenados em processo envolvendo filho de desembargadora

Mais Lidas

2016
Polícia investiga possível homicídio em queda de avião no MS
HAYEL BON FAKER
Bilhete de pedágio “denuncia” e dupla é presa em Dourados após furto em Rio Brilhante
DOURADOS
Homem é preso após ser flagrado empurrando moto furtada
MANTIDO EM MS TAMBÉM
Governo mantém horário de verão para 2018, mas reduz tempo de duração