Menu
Busca segunda, 10 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
NOS TRILHOS DA MENTE

Espetáculo da Uems recebe três prêmios em festival de teatro de SP

27 outubro 2017 - 17h05Por da Redação

O espetáculo “Nos Trilhos da Mente” encenado pelos acadêmicos do curso de Artes Cênicas da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems), da unidade de Campo Grande, recebeu três premiações durante o 20º Festival de Teatro Estudantil (Festil) de Pindamonhangaba, São Paulo.

A peça que conta a história e mostra a rotina de uma família com uma pessoa com a Demência de Alzheimer, foi ganhadora do prêmio de Melhor Preparação Corporal, além de o acadêmico, Alef Ramos, receber o prêmio de Melhor Ator e Mariana de Castro dividir o prêmio de Melhor Atriz. O Festival contou com a apresentação de 14 equipes de teatro, na categoria adulto, sendo 12 de São Paulo, Capital e interior, uma do Maranhão e uma de Mato Grosso do Sul.

A iniciativa do espetáculo foi uma produção dos professores e acadêmicos dos cursos de Medicina e de Artes Cênicas e teve a direção de Leonardo Arruda Calixto (ator e docente do curso de Artes Cênicas), a co-direção de Nathalie Allas (egressa de Artes Cênicas e Dança) e o texto adaptado de José Carlos Rosa Pires de Souza (docente do curso de Medicina).

O elenco formado por Alef Ramos, Júlio Ruschel, Mariana de Castro, Matheus Lomando e Robson Marx contou com o apoio da equipe técnica formada por Larissa Cardoso, operadora de som, e Lana Figueiró, operadora de luz, acadêmicos do curso de Artes Cênicas que foram acompanhados pela docente Flávia Cavalcanti Gonçalves até São Paulo. O espetáculo recebeu o apoio da Divisão de Cultura, Esporte e Lazer, da Pró-reitoria de Extensão, Cultura e Assuntos Comunitários (Proec) da Uems, com recursos do Programa Nacional de Assistência Estudantil para as Instituições de Educação Superior Públicas Estaduais (Pnaest).

O grupo apresentou a peça no dia 13 de outubro, primeira vez, que foi encenada para um público não ligado à área da saúde, pois, o espetáculo foi pensado dentro de um projeto de extensão do curso de Medicina, que teve como foco de público psicanalistas, psiquiatras, cuidadores, médicos e outros profissionais e estudantes da área da saúde.

“Depois da apresentação os acadêmicos foram indagados não só pela banca avaliadora, mas também pela plateia que era composta por professores de teatro e estudantes da área. Nas perguntas eles mostraram que identificaram a técnica de diversos autores refletida na prática do trabalho dos alunos. Fiquei muito feliz, pois pude perceber que o trabalho feito na Universidade está refletindo na prática deles”, ressaltou a professora Flávia Gonçalves.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TV
Travando batalha contra o câncer, Ana Furtado não comparece no É de Casa e entrega: “É uma despedida”
CARACOL
Pecuarista vai ter que pagar R$ 13,8 mil por desmatamento ilegal de 46 hectares de vegetação
CAMPO GRANDE
Motorista é preso por embriaguez e passageiro por quebrar janela de prédio público
POLÍTICA
Comissão se reúne na segunda para discutir e votar parecer sobre unificação das polícias
BANDEIRANTES
Veículo desgovernado invade canteiro de obras e mata trabalhador na BR-163
CONGRESSO
CPI dos Maus-tratos encerra trabalhos com propostas polêmicas
RORAIMA
Intervenção deverá valer a partir de amanhã até 31 de dezembro
Interventor prepara plano de ação a ser apresentado a Temer
CORUMBÁ
Mulher descobre traição e acaba agredida a pauladas pelo marido
SAÚDE
"Revolução sexual” contra impotência faz 20 anos em 2018
Médicos celebram disponibilidade de remédios para tratar disfunção
CAPITAL
Homem tem o carro incendiado após enteado pegar veículo sem autorização

Mais Lidas

VIOLÊNCIA
Idosa é espancada, esfaqueada e vai parar na UTI após assalto em Dourados
DOURADOS
Dupla é presa por tráfico de drogas na Vila Mariana
DOURADOS
Por força judicial, terceira sessão para definir Mesa Diretora da Câmara é cancelada
INVESTIGAÇÃO
Brasileira desaparecida na Austrália é encontrada morta em praia