Menu
Busca sábado, 23 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
COMBUSTÍVEIS

Donos de postos de combustíveis se reúnem com deputado para provar inexistência de cartel

19 junho 2015 - 16h30

Empresários do setor da revenda de combustíveis da Grande Dourados, acompanhados de membros da diretoria do Sinpetro, reuniram-se com o deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB), com o objetivo de informar o parlamentar a respeito da falsa impressão de que estaria ocorrendo cartel na região. O encontro aconteceu na Assembleia Legislativa.

A reunião foi agendada após o deputado ter feito pronunciamento no qual disse estar inconformado com os preços praticados na cidade de Dourados. Na opinião dele, os valores poderiam indicar que os empresários estariam promovendo a prática de cartel.

A par do pronunciamento, a diretoria do Sinpetro imediatamente entrou em contato com o deputado e convidou os empresários de Dourados para que se reunissem com o parlamentar visando esclarecer a situação.

Foram apresentados ao parlamentar diversos documentos, como notas fiscais com os valores pagos pelos empresários nas distribuidoras pelos combustíveis, levantamento sobre os preços médios praticados em outras cidades e capitais fornecidos pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), órgão que regulamenta e fiscaliza o setor, por meio de pesquisas semanais de preços.

Além disso, os empresários apresentaram comprovantes de despesas comuns em todo e qualquer posto de serviços, como folha de pagamento de salários, encargos sociais e tributários, custos com energia elétrica, água e frete, dentre outros documentos.

De acordo com Edmir Jardim Neto, vice-presidente do Sinpetro, “foi demonstrado ao parlamentar que os preços praticados na Capital não podem servir de parâmetro para outras cidades, uma vez que no momento está ocorrendo uma acirrada disputa de mercado entre revendedores e distribuidoras”.

Essa situação, segundo explicou ao parlamentar, é sazonal, pois o preço praticado atualmente em Dourados tem como base o valor cobrado pelas distribuidoras para aquele município.

Ao final do encontro, o deputado informou que está programando uma audiência publica, que possivelmente ocorrerá em setembro, e que nesse intervalo de tempo irá convocar os diversos segmentos que compõe a cadeia de combustíveis, até chegar ao revendedor, incluindo-se nesse rol as distribuidoras e o governo. A iniciativa visa esclarecer toda a questão.

Participaram do encontro os empresários Mário Neves, Edmir Jardim Neto, Fernando Demamam, Janice Demamam, Donato Menegueti, Sebastião e o consultor técnico do Sinpetro Edson Lazaroto.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Apenas de meia-calça, Juliana Paes celebra presença no carnaval: "melhor notícia"
FUTEBOL
Fifa tira Mundial Sub-17 do Peru, e Brasil vai sediar a competição
BELA VISTA
Policial perde controle da direção, viatura cai de ponte e pega fogo
COMBUSTÍVEIS
Preço da gasolina nas bombas cai pela 18ª semana seguida, diz ANP
MEIO AMBIENTE
PMA captura tamanduá-bandeira em quintal de residência em Coxim
EDUCAÇÃO
UFGD divulga os aprovados na 5ª chamada do Vestibular 2019
COXIM
Policial civil invade emissora de rádio e agride entrevistado
FISCO
Programa para receber declaração do IR estará disponível 2ª-feira
DOURADOS
Sindicalistas cobram salários para ex-empregados da Fertilizantes Heringer
CAPITAL
Fumaça provoca engavetamento com 7 veículos na rodovia BR-262

Mais Lidas

DOURADOS
Trio é preso após tentar repetir furto em loja do shopping
SIDROLÂNDIA
Colisão entre motos termina com jovem morto
DOURADOS
Desconhecido pede água, invade residência e ameaça mulher de morte para furtar celular
CAMPO GRANDE
Interno é encontrado morto dentro de cela de presídio