Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
AUMENTO SALARIAL

Empregados em lotéricas de MS querem 15% de reajuste

18 setembro 2017 - 16h05

Trabalhadores em lotéricas, locadoras, despachantes e em empresas de assessoramento, perícias, informações, pesquisas e serviços contábeis de Mato Grosso do Sul querem 15% de reajuste salarial para vigorar a partir do dia 1º de novembro, data base das categorias. É o que afirma o Seaac/MS, sindicato que as representa, informa Estevão Rocha dos Santos, presidente da entidade e diretor da Fetracom-MS (Federação dos Empregados no Comércio e Serviços de MS.

O pedido de 15% já foi encaminhado para os respectivos sindicatos patronais como o Sescon, Sinal (lotéricas); Sinfac (factoring) e outras. "Estamos convencidos de que podemos avançar nessa negociação com todas elas, com ganho real acima do acumulado da inflação no período", afirma Estevão Rocha.

Leandro Priamo, diretor do Seaac/MS, lembra que a entidade já promoveu assembleias com todas as categorias que representa para tratar na Convenção Coletiva de Trabalho – CCT 2017/18. "Apesar das dificuldades econômicas que o país atravessa, esses setores que representamos apresentaram crescimento desde o ano passado. Porisso acreditamos que podemos avançar nas negociações em benefício dos trabalhadores", afirma Priamo.

A diretoria do Seaac/MS acredita também que a reforma trabalhista não impedirá uma boa negociação entre as duas categorias (patronal e laboral) uma vez que ficou estabelecido na nova lei que o negociado é maior que o legislado. Portanto, a entidade vai se esforçar para fechar um bom acordo em que o trabalhador e sua família sejam valorizados.

A partir das próximas semanas o Seaac/MS deverá sentar na mesa de negociação com as classes patronais para definir não só os percentuais de reajuste salarial, bem como outras medidas sociais e econômicas de valorização dos trabalhadores.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Mariana Rios renova o bronza em cenário de tirar o fôlego no Rio
POLÍCIA
Dupla é presa dinheiro e documentos falsos no aeroporto da Capital
BRASIL
Senado aprova projeto que proíbe casamento de menores de 16 anos
JUSTIÇA
Fabricantes de laticínios devem pagar R$ 18 mil por calote em conta de luz
TRÁFICO
Trio é preso com mais de meia tonelada de cocaína
COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura