Menu
Busca sábado, 18 de agosto de 2018
(67) 9860-3221
NO FARO

Droga é apreendida com o auxílio de cães farejadores

O ilícito estava em um ônibus que seguiria para o Distrito Federal

12 junho 2018 - 10h04Por Luiz Guilherme

Os cães Maia, Chacal, Axcel e Bella, auxiliaram na manhã de ontem (11), os agentes da Polícia Rodoviária Federal a apreenderam 6kg de maconha, que seriam levados para o Distrito Federal. 

A apreensão aconteceu durante abordagem a um ônibus na BR-163, em Campo Grande, que realizava o itinerário Assunção (PY). De acordo com a ocorrência, a droga estava escondida dentro de sacolas.

Um homem de 60 anos foi preso e relatou aos policiais que comprou a droga em Ponta Porã, cidade que faz fronteira seca com o Paraguai.  

Pelo transporte do ilícito, ele receberia R$ 1 mil. 

O passageiro e o entorpecente foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Giovanna Ewbank exibe bumbum e impressiona fãs com biquíni cavado
MATO GROSSO DO SUL
Cassems aparece no ranking das melhores e maiores empresa do Brasil pelo 10º ano consecutivo
INDÚSTRIA 4.0
Realidade aumentada é alternativa para aumentar produtividade do trabalhador
ELEIÇÕES 2018
Comitê da ONU pede que Lula participe de eleição
EDUCAÇÃO
Capacitação para quem atuará no Enem em MS acontece amanhã
PANTANAL
Acesso à MS-228 entre Lampião Aceso e MS-184 é liberado parcialmente
ECONOMIA
Seguradora lança programa de emprego para beneficiários do DPVAT
ELEIÇÕES 2018
TSE nega novo pedido de Lula para participar de debate na TV
COTAÇÃO
Dólar sobe e termina a semana acima de R$ 3,90
CONTRABANDO
PM apreende carga de cigarros e volume de apreensões bate recorde no ano

Mais Lidas

DOURADOS
Defesa questiona "condenação social" e diz que pai de criança não tem ligação com morte
DOURADOS
À espera da audiência de custódia, envolvidos em morte de criança permanecem em delegacia
DOURADOS
Casal acusado de matar criança tem prisão preventiva decretada pela Justiça
DOURADOS
Delegado aguarda laudo para saber se bebê internado no HU foi agredido