Menu
Busca quinta, 18 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
LUTO

Diretor do Sindicato dos Comerciários da Capital morre aos 59 anos

06 outubro 2017 - 16h20Por Da Redação

Morreu na manhã desta sexta-feira (6) o diretor do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande –SECCG, Apolônio Aires de Souza, 59.


O velório, no Memorial Park, em Campo Grande começa nesta tarde e o enterro será amanhã (7) às 10h30, no mesmo local.

Apolônio estava internado em consequência de uma bactéria que afetou, primeiramente seu pé.

As diretorias da Fetracom-MS e do  SECCG lamentam o falecimento do amigo e companheiro de luta em defesa dos direitos dos comerciários de Campo Grande. Ele foi funcionário das Casas Pernambucanas por quase duas décadas e estava licenciado para exercer o cargo de diretor sindical. Recentemente recebeu uma homenagem especial  das Pernambucanas pelos seus relevantes serviços prestados à empresa. Apolônio deixa a esposa Sônia  e os filhos, Kelly e Sandro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
De biquíni, Tammy di Calafiori rouba a cena na web em dia de praia
Idoso que estava desaparecido é encontrado morto em Amambai
ECONOMIA
Senado aprova projeto que define regras para duplicata eletrônica
UEMS
Mestrado em Ensino em Saúde prorroga prazo de inscrições
IVINHEMA
Jovem é agredida pelo namorado após ele ter estuprado a mãe dela
IMUNIZAÇÃO
Anvisa aprova nova vacina contra gripe exclusiva para idosos
ESTRAGOS
Prefeitura de Iguatemi decreta situação de emergência devido as chuvas
SEMIABERTO
Senador Acir Gurgacz é transferido para presídio da Papuda em Brasília
CAMPO GRANDE
Garoto que atirou dentro de escola e se feriu portava pistola 6.35
JUSTIÇA
Empresa telefônica é condenada por bloquear linha de cliente

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morre ao tentar atravessar “lago da rodoviária” a nado
CENAS DE CINEMA
Perseguição e troca de tiros termina com veículos recuperados em Dourados
PEDRO JUAN
Suspeita de envolvimento em roubo a vereador douradense é executada na fronteira
OLAVO SUL
Vereador douradense é ameaçado de morte ao separar briga em distrito