Menu
Busca domingo, 16 de dezembro de 2018
(67) 9860-3221
MATO GROSSO DO SUL

Desafio Senai vai atrás de resolver problemas na indústria de MS

12 março 2018 - 14h50

Já imaginou vários alunos do Senai pensando, ao mesmo tempo, na solução de um problema que a sua indústria vem enfrentando? Pois então já pode parar de imaginar e se inscrever no Desafio Senai de Projetos Integradores (DSPI), uma iniciativa cujo objetivo é levar para as salas de aula os desafios que fazem parte do dia a dia das empresas e propor uma solução, por meio da elaboração de projeto, para problemas reais da indústria brasileira.

Segundo o interlocutor do projeto em Mato Grosso do Sul,

Kelson Ferreira de Andrade, essa é uma forma dos alunos testarem conhecimentos, entrarem em contato com a realidade da indústria e se prepararem ainda mais para o mercado de trabalho. “As empresas do Mato Grosso do Sul que desejarem participar do Desafio Senai de Projetos Integradores têm até o dia 31 de julho para cadastrar, de forma gratuita, os problemas que estão impactando o dia a dia do seu negócio pelo link http://plataforma.gpinovacao.senai.br/”, informou.

Lançado em 2015, o Desafio Senai de Projetos Integradores é uma iniciativa do Departamento Nacional para desenvolver em seus alunos de cursos técnicos de nível médio e aprendizagem básica a capacidade de trabalhar em grupo, propor ações inovadores e pensar de forma empreendedora. “Essas competências são cada dia mais requeridas nas organizações em que o trabalho em equipe com profissionais de diversas áreas tem se mostrado fundamental para o sucesso de uma ação”, afirmou Kelson Andrade.

Ele explica que para atender as demandas das empresas os alunos de cada unidade do Senai formam equipes de dois a quatro integrantes, envolvendo no mínimo dois cursos, para a apresentação de soluções inovadoras de problemas reais da indústria brasileira. “Depois de selecionadas as demandas, alunos do Senai de todo o país podem buscar soluções para essas empresas”, destacou.

O interlocutor em Mato Grosso do Sul também ressalta que o programa prepara os alunos para o mercado de trabalho e, ao mesmo tempo, têm a chance de mostrar suas habilidades para os empresários envolvidos. “Depois dessa fase criativa, os projetos apresentados são avaliados e selecionados para a exposição. Eles então são expostos nas unidades Senai espalhadas pelo Estado do Mato Grosso do Sul e, melhor ainda, os projetos com potencial de inovação podem ser selecionados para a realização de prototipagem, aperfeiçoamento e comercialização”, acrescentou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Letícia Santiago exibe barriga negativa menos de três meses após parto
FORAGIDO
Polícia Federal divulga possíveis disfarces de Cesare Battisti
ESPONTANEAMENTE
João de Deus, acusado de abusos sexuais, se entrega à polícia em Goiás
TRÊS LAGOAS
Motorista perde controle e tomba carreta carregada de celulose na BR-158
IMUNIZAÇÃO
Ministério da Saúde faz alerta para vacinação em período de férias
DOF
Veículo furtado em Curitiba é recuperado a caminho do Paraguai
ESCOLA AVANI
Projeto de Extensão organiza Colônia de Férias em Dourados
OPORTUNIDADES
Concursos: 15 órgãos abrem inscrições para 409 vagas nesta segunda
TRÊS LAGOAS
Dupla invade casa e foge com objetos avaliados em R$ 60 mil
CLÁUSULA PÉTREA
Bolsonaro diz que pena de morte não será debatida em seu governo

Mais Lidas

DOURADOS
Homem morto em confronto articulava assassinato de sargento do Corpo de Bombeiros
DOURADOS
Jovem colide veículo em poste na avenida Marcelino Pires
ABORDAGEM
Homem morre após confronto com a polícia em Dourados
DOURADOS
Homem morto a facadas havia tentado separar briga de mãe e filho por R$ 30