Menu
Busca quinta, 14 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
ASSEMBLEIA

Deputados devem votar nove projetos na sessão ordinária desta terça-feira

15 outubro 2019 - 09h53Por Da Redação

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) devem analisar e votar nove matérias na Ordem do Dia da sessão desta terça-feira (15). Três projetos retornam ao plenário para que seja votada a redação final. Estão pautados, ainda, três projetos em discussão única, dois em segunda votação e um em primeira.

Entre as matérias na pauta, estão o Projeto de Resolução 65/2019, que cria a “Comenda Antônio Tonani” aos profissionais e empresas de rádio difusão, e o Projeto de Lei 114/2019, que dispõe sobre as informações e o ressarcimento aos consumidores dos percentuais aplicados por furtos de energia elétrica e suas perdas. As duas propostas, que terão a redação final apreciada, são de autoria do deputado Marçal Filho (PSDB).

Também pautado para ser votada a redação final, está o Projeto de Lei189/2019, do deputado Professor Rinaldo (PSDB). A proposta é incluir no calendário de Mato Grosso do Sul o evento “Cavalgada do município de Selvíria”.

Em segunda discussão, devem ser votados dois projetos de lei do Poder Executivo: o 204/2019, que altera a Lei 2.766/2003, que prevê descontos para as empresas, delegatárias de serviços públicos, negociarem seus débitos; e o 245/2019, que cria o  Fundo Estadual do Trabalho (FET/MS) e o Conselho Estadual do Trabalho, Emprego e Renda (Ceter/MS), com a finalidade de destinar recursos para a gestão da Política Estadual de Trabalho, Emprego e Renda, em regime de financiamento compartilhado, no âmbito do Sistema Nacional de Emprego (Sine).

Os deputados devem votar também o Projeto de Lei 219/2019, de autoria do deputado Lucas de Lima (Solidariedade), que institui a Semana Estadual de Conscientização, Prevenção e Combate a Prática de Queimadas Urbanas. A matéria, prevista para ser votada em primeira discussão, tem parecer favorável por unanimidade da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Em discussão única, estão pautados o Projeto de Resolução 37/2019 e o Projeto de Lei 238/2019, ambos de autoria do deputado Paulo Corrêa (PSDB). A primeira matéria cria o Diploma de Honra ao Mérito Legislativo “40 anos do CREA/MS”. Já o Projeto de Lei 238/2019 declara de utilidade pública estadual a Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI) “Lar Jeferson Leandro do Prado Elias”. Ainda em votação única, deve ser apreciado o Projeto de Lei 212/2019, de autoria do deputado Gerson Claro (PP), que declara de utilidade pública estadual a Cooperativa dos Produtores do Assentamento Itamarati (Cooperai).

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAPITAN BADO
Testemunhas escutam tiros e encontram homem executado na fronteira
IMORTAL
Sul-maro-grossense é indicado para Academia Brasileira de Educação Física
BODOQUENA
Homem é preso acusado de estuprar a filha da enteada
CESSÃO ONEROSA
Municípios vão receber dinheiro do leilão do pré-sal até 27 de dezembro
CAPITAL
Responsável por atropelamento com morte se apresenta e fica livre
UEMS
Inscrições ao Mestrado Acadêmico em Letras terminam na próxima semana
CAPITAL
Mulher joga copo de vidro na testa de ex-marido após crise de ciúmes
PROTESTOS
fronteira do Brasil com Bolívia em Corumbá é reaberta após 21 dias
AQUIDAUANA
Pai denuncia escola após filho ser impedido de usar banheiro e defecar na roupa
JUSTIÇA
Concessionária deve indenizar cliente por emplacamento incorreto

Mais Lidas

DOURADOS
Encontrado morto na PED dividia cela com 18 internos em ala comandada por facção
TRÂNSITO
Bêbado invade preferencial e deixa família ferida em Dourados
ENCOMENDADA
Quadrilha desarticulada tinha ordem de facção para roubar seis motos em Dourados
PURIFICAÇÃO
Preso, ex-secretário de Saúde é exonerado do cargo de coordenador do Samu