Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 9860-3221
LEGISLATIVO

Deputados devem votar cinco projetos na sessão ordinária desta quinta-feira

25 abril 2019 - 09h23Por Da Redação

Na Ordem do Dia da sessão desta quinta-feira (24), os deputados estaduais devem votar, em primeira discussão, cinco projetos. Quatro matérias são de autoria dos parlamentares e tratam de assuntos relativos à saúde e sobre inclusão de eventos no calendário oficial do Estado. O quinto projeto é do Poder Executivo e diz respeito à estrutura básica do governo.

De autoria do deputado Jamilson Name (PDT), o Projeto de Lei (PL) 57/2019 obriga a afixação de cartazes com informações sobre direitos de pessoas com câncer em diversos locais de grande circulação, como terminais rodoviários, veículos de transporte coletivo, hospitais, clínicas, etc. Entre os benefícios, estão, por exemplo, isenção ou redução tributária, quitação de financiamento da própria e auxílio-doença.

Outro projeto, relacionado à saúde e previsto para ser votado nesta quinta-feira, é o PL 64/2019, de autoria do deputado Neno Razuk (PTB). Pela proposta, unidades de saúde de Mato Grosso do Sul ficam obrigadas a aplicarem o questionário M-CHAT (Modified Checklist for Autism in Toddlers). Esse instrumento possibilita o rastreamento precoce do autismo, identificando indícios desse transtorno em crianças entre 18 e 24 meses. “É rápido, simples e pode ser preenchido pelos pais ou responsáveis”, detalha o parlamentar.

Estão previstos, ainda, dois projetos sobre inclusão de eventos no calendário oficial de Mato Grosso do Sul. O deputado Zé Teixeira, através do PL 67/2019, propõe que a Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Dourados (Expoagro), realizada em maio, integre o calendário. O outro projeto – PL 52/2019 –, de autoria de Evander Vendramini, prevê a inclusão do Calendário de Educação Ambiental do Pantanal, que ocorre, anualmente, em novembro.

Há, ainda, na pauta, o PL 82/2019, do Poder Executivo. O projeto muda a redação da Lei 4.640/ 2014, que reorganiza a estrutura básica do governo. A proposta, conforme a justificativa, busca adequar e atualizar as competências dos órgãos do Executivo e, assim, inserir, expressivamente, na legislação funções já existentes em outros normativos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
Clientes que acionaram garantia serão indenizadas por eletrodoméstico com defeito
DOURADOS
Prefeita diz abominar discriminação e aciona Procuradoria para investigar conduta de guarda
FAMOSOS
Ator responderá na Justiça por desacato e briga em bar
FUTEBOL
Árbitra de MS atua em duelo da Série A do Brasileirão neste final de semana
CAGED
País gera 43,8 mil empregos formais em julho
DOURADOS
Délia revoga nomeação de coordenadora da intervenção na Funsaud
DOURADOS
VÍDEO: Guarda agride rapaz em abordagem na UPA e corregedoria abre inquérito para apuração
VALE QUANTO?
Peritos imobiliários avaliam Douradão para venda ou aluguel a pedido da prefeitura
REUNIÃO
Procon cobra maior agilidade de atendimento em agências bancárias
PONTA PORÃ
Condenado por homicídio é preso na fronteira

Mais Lidas

TRÂNSITO
Empresa desliga mais de 30 lombadas eletrônicas em Dourados após rescisão contratual
DOURADOS
Veículo é consumido pelas chamas no Água Boa; veja vídeo
CRIME ORGANIZADO
Operação contra o PCC cumpre 30 mandados de prisão em cidades de MS
DOURADOS
Coordenador diz que Samu tentou reanimar acidentado por uma hora em HV sem médico