Menu
Busca domingo, 17 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
POLÊMICA

Deputados defendem maior debate sobre cota zero para a pesca em MS

13 fevereiro 2019 - 15h05Por Da Redação

A proposta do Governo do Estado de estabelecer de forma gradual a cota zero para a pesca amadora voltou a ser debatida pelos deputados estaduais. Na sessão ordinária desta quarta-feira (13), o deputado estadual Cabo Almi (PT) informou que irá realizar audiências públicas nos municípios que serão atingidos pela medida.

Segundo ele, a proposta do Executivo não irá recuperar os estoques pesqueiros dos rios de Mato Grosso do Sul.

“A pesca amadora não pode ser criminalizada. O desmatamento, os sedimentos que vêm soterrando os rios, a grande quantidade de jacarés e outras questões ambientais precisam ser debatidas, pois são os verdadeiros responsáveis pela diminuição das espécies nos rios”, disse Almi. Pedro Kemp concordou com o colega de partido e acrescentou que o problema está na “falta de uma política ambiental”.  

Em aparte, o deputado Lidio Lopes (PATRI) defendeu que a cota zero seja feita de forma gradual e sugeriu a suspensão de algumas espécies para o repovoamento dos rios. Para Renato Câmara (MDB), as decisões do governo precisam estar embasadas em estudos técnicos e pesquisas. “Dados do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul e da Embrapa apontam que no final dos anos 90 foi retirada 1,5 mil tonelada por ano de peixe dos rios, enquanto em 2016 esse volume caiu para 378 toneladas. Portanto, são necessárias medidas urgentes, entre elas o investimento em monitoramento”, argumentou.

Barbosinha citou o modelo de proibição da pesca adotado pela Argentina. “É um país referência. Acredito que o turista não busca a captura, mas o registro da pesca em fotos e depois devolve o peixe à natureza. A cota zero não partiu do acaso, o fato contundente é a diminuição das espécies”.   

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUUUU!!
Graciele Lacerda exibe corpão em foto e recebe enxurrada de elogios
PROVA ACONTECE AMANHÃ
Concurso da Educação terá reforço na segurança
BRASIL
eSocial já tem 24 milhões de trabalhadores cadastrados
490 EMPRESAS
Jucems registra em janeiro, melhor resultado em cinco anos
BRASIL
Após tragédia, futuro do Ninho do Urubu está indefinido
CAMPO GRANDE
Casa é queimada e morador acredita em fogo criminoso
PROVAS AMANHÃ
Agência orienta candidatos de concurso a não viajarem com transportadores clandestinos
CASO QUE CHOCOU
Homem que furtou corpo de cemitério disse ter ouvido vozes
BRASIL
Repasses de fevereiro a beneficiários do Bolsa Família vão até o dia 28
BELEZA NATURAL
Asfalto da MS-450 avança entre morros e potencializa o turismo na Estrada Ecológica

Mais Lidas

TRÂNSITO
Vídeo mostra acidente que matou duas pessoas em Dourados
TRÂNSITO QUE MATA
Dois morrem em colisão frontal em Dourados
DOURADOS
Jovem morre após troca de tiros com a polícia no Água Boa
JARDIM COLIBRI
Homem é executado na frente da mulher em Dourados