Menu
Busca segunda, 14 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
MATO GROSSO DO SUL

Deputados aprovam cadastro provisório para pequenos produtores rurais

22 maio 2019 - 14h50Por Da Redação

Cinco projetos de lei foram votados e aprovados nesta quarta-feira (22) na sessão ordinária da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALMS), quatro em segunda votação e um em primeira votação. Uma das proposições aprovadas em segunda votação pelos deputados cria um cadastro provisório para facilitar a regularização fundiária de pequenos produtores rurais e visa fomentar o acesso ao crédito e financiamentos, promovendo também a formalidade quanto ao pagamento de tributos ao Estado.

De autoria do deputado Renato Câmara (MDB), o Projeto de Lei 276/2017 altera a Lei nº. 1.810, de 22 de dezembro de 1997, incluindo a previsão de um cadastro estadual provisório para aqueles produtores que têm a posse imobiliária em processo de regularização fundiária. A matéria se trata do cadastro fiscal e sanitário de contribuintes do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e dos demais tributos associados às atividades agroeconômicas sujeitas à fiscalização do Estado.

O benefício do cadastro provisório, conforme o Projeto de Lei, se estenderá aos produtores que vivem em assentamentos rurais, que estão na posse litigiosa de imóveis, cuja propriedade esteja sendo discutida judicialmente. No entanto, conforme o texto da proposição, o produtor deverá comprovar o exercício de posse não clandestina sobre o imóvel.

Para o parlamentar Renato Câmara, a iniciativa será benéfica ao setor agropecuário. “Com o cadastro provisório, o pequeno produtor poderá realizar seus investimentos antes da decisão definitiva que poderia demorar décadas. Assim, as negociações saem da informalidade e da dependência do Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária]”, afirmou o autor do Projeto de Lei.

Apresentando uma ponderação durante a discussão do Projeto de Lei, o parlamentar Zé Teixeira (DEM) afirmou que o Incra é a principal barreira para regularizações de cadastros de produtores rurais junto aos órgãos estaduais. “Parabenizo o deputado Renato Câmara pela proposição que visa beneficiar o pequeno produtor. Mas quero alertar que atualmente os produtores conseguiriam fazer suas inscrições com contratos de assentamento, e é apenas o Incra que impede que isso ocorra. Por conta da exigência da regularização no próprio Incra para deferir o cadastro. Se o Incra retirasse essa regra, o produtor poderia realizar seu cadastro com simples contrato”, explicou o deputado que, junto de todos os parlamentares presentes, votou a favor do Projeto de Lei.

Outras aprovações

Também em segunda discussão, os parlamentares aprovaram o Projeto de Lei 127/2018, de autoria do deputado Marcio Fernandes (MDB). Pela proposta, os hospitais e maternidades de Mato Grosso do Sul ficam obrigados a oferecer, a pais e/ou responsáveis por recém-nascidos, treinamento para primeiros socorros em caso de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita.

Outros dois projetos relativos à inclusão de eventos no calendário oficial do Estado foram aprovados em segunda votação. De autoria do deputado Evander Vendramini (PP), o Projeto de Lei 052/2019 inclui o Calendário Educação Ambiental no Pantanal. Já o Projeto de Lei 067/2019, proposto pelo deputado Zé Teixeira (DEM), estabelece a inclusão da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de Dourados (Expoagro), realizada em Dourados. Os dois projetos têm pareceres favoráveis da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia.

Único do dia apreciado em primeira votação, o Projeto de Lei 015/2019 de autoria do deputado Evander Vendramini também foi aprovado. A matéria proíbe que instituições financeiras ofereçam ou celebrem contrato de operação de crédito, através de telefone, com aposentados e pensionistas. Pela proposta, a multa pode chegar a 400 Unidades Fiscais de Referência do Estado de Mato Grosso do Sul (Uferms).

Deixe seu Comentário

Leia Também

BALANÇO
PM apreende cerca de sete milhões de maços de cigarros e 150 toneladas de drogas em 2019
ROCHEDO
Estudante é multado por pesca ilegal em rio e tem petrecho apreendido
ELEIÇÕES 2018
Botafogo apresenta Valentim oficialmente como treinador
PEDRO JUAN
Motorista de aplicativo é morto com 15 tiros na fronteira
MÚSICA
Com músicas disponíveis em plataformas, compositora de MS lança disco na próxima semana
CORUMBÁ
Corpos de trabalhadores mortos em fazenda são levados para Guia Lopes
BRASIL
Bolsonaro discute pedido de prestação de contas ao PSL
FUTEBOL
Três jogos abrem a 29ª rodada da Série B do Brasileirão
NOVA DATA
Escolagov prorroga inscrições do Processo Seletivo para professores
ACIDENTE
Família pede doação de sangue a homem internado há quase dois meses no HV

Mais Lidas

CLIMA
Previsão aponta dias chuvosos e queda de temperatura em Dourados
DOURADOS
Acionados para atender queda de moto, Bombeiros só encontram vítima no local
DOURADOS
Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte
MS
Idosa é atingida por jaca durante procissão e precisa ser socorrida