Menu
Busca sábado, 07 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
LEGISLATIVO

Deputado Marçal pede solução para transporte escolar em Dourados

05 setembro 2019 - 13h35Por Da Redação

O deputado estadual Marçal Filho (PSDB) pede à Prefeitura de Dourados uma solução definitiva para evitar novas crises no transporte escolar do município. O problema é recorrente e tem prejudicado estudantes da zona rural e urbana, que não possuem escolas e estão distantes de outros bairros.

Pais de alunos têm recorrido ao deputado Marçal para reclamar do problema que tem se repetido nos últimos três anos. A demora na realização de manutenção dos veículos tem sido o principal impasse, embora a administração municipal saiba que todo veículo de transporte escolar precisa, conforme a lei, passar por vistoria no Departamento de Trânsito (Detran) duas vezes ao ano.

"É preciso encontrar uma solução definitiva para esse impasse. A prefeitura não pode esperar encerrar o prazo de manutenção para só depois buscar uma saída. Isso é falta de gestão, de planejamento", questionou o parlamentar.

A mais recente crise ocorreu há três semanas quando estudantes universitários indígenas, alunos moradores de bairros conhecidos como sitiócas e as estudantes de regiões da BR-463 e Posto da Capela tiveram que fazer protestos com fechamento de rua em frente da prefeitura. Esta semana a administração municipal ficou de regularizar o caso dos estudantes moradores nas imediações da rodovia e do Posto da Capela. Os demais, após reivindicações, já foram atendidos com o transporte.

Outro impasse que precisa ser solucionado, na avaliação do deputado, é sobre a responsabilidade do transporte. A prefeitura tem se respaldado na lei federal que obriga as prefeituras municipais assegurarem o transporte escolar na zona rural para os alunos do ensino fundamental da pré-escola até o nono ano, sendo que no perímetro urbano a responsabilidade ficaria para as empresas concessionárias de transporte e por meio do passe escolar.

Com a ampliação do perímetro urbano de Dourados, há quase uma década, muitos bairros passaram a pertencer a cidade e por terem pequena quantidade de população, o transporte urbano não atende essas regiões. Em outros casos, atende de forma parcial, em alguns horários.  


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Detran/MS leiloa material ferroso e quase 800 veículos em dezembro
CÚPULA DO CLIMA
Embaixada da Alemanha contradiz Salles sobre Fundo Amazônia
JUSTIÇA
Conciliação em Jardim conclui divórcio e partilha supera R$ 6 mi
PCC
Suspeito de integrar facção será entregue à polícia brasileira
SAÚDE
Justiça determina que Jamil Name volte a Mato Grosso do Sul em 30 dias
SAÚDE
Mutirão fará diagnóstico precoce de câncer de pele em todo o país
CAMPO GRANDE
Homem morre em confronto com a polícia após grupo roubar mercado
ECONOMIA
Nelsinho Trad libera recursos de mais R$ 1 milhão para Mato Grosso do Sul
FRONTEIRA
Cabeça de adolescente foi cortada ao meio e também estava em tambor
EDUCAÇÃO
UEMS Acolhe devolve esperança para migrantes e estrangeiros

Mais Lidas

JARDIM
Comerciante é preso após balear suspeito de furtar seu estabelecimento
CAARAPÓ
Inscrições para concurso com salários de até R$ 9.172 terminam dia 09
REENCONTRO
Sandy & Junior teve segunda maior bilheteria por show em 2019
TRAGÉDIA
Corpo de trigêmea afogada no Rio Paraná é encontrado em Guaíra