Menu
Busca Quarta, 13 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
TRANSFERÊNCIA

Depen confirma ex-governador em presídio federal de MS

26 Outubro 2017 - 14h05Por Adriano Moretto

O Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, confirmou nesta quinta-feira (26) que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, será mesmo transferido à Penitenciária Federal de Campo Grande.

Segundo nota publicada nos site do Ministério, Cabral deve desembarcar na capital sul-mato-grossense nos próximos dias, porém, por questões de segurança, a data exata não será informada.

O Depen divulgará informações sobre a transferência depois que o procedimento for finalizado, conclui o comunicado.

O anúncio da vinda de Cabral a Campo Grande foi feito na terça-feira por determinação da Justiça, mas a confirmação ocorreu apenas hoje. 

O ex-governador foi preso em novembro passado sob suspeita de recebimento de milhões de reais em propinas  ficou no Complexo de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro (RJ).

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRIPLEX
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
SOMOS TODOS PELE
Atriz posta foto nua e "sem retoques"
LEGISLATIVO
Senado aprova relatório de Moka que autoriza cooperativa a captar recursos de municípios
DOURADOS
Líderes de bairro destacam atuação de Délia em 2017
INCLUSÃO
CCJ da Câmara autoriza a Bolívia entrar no Mercosul
HU-UFGD
Psicóloga desenvolve Guia Prático de Acolhimento para Profissionais de Neonatologia
BRASIL
Mais de 8 mil profissionais brasileiros se inscreveram no Mais Médicos
MELHORIAS
Governadores do Codesul enviam reivindicações a Temer
EMPREGO
Funtrab: Último mutirão de atendimento do ano acontece nesta sexta-feira

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Identificada motorista que morreu após acidente na BR-163
DOURADOS
Família é presa com mais de R$ 18 mil falsos na BR 463
BR-463
Douradense é preso com maconha após luta corporal com policial
MARIDO É SUSPEITO
Atacada enquanto dormia tem 25% do corpo queimado