Menu
Busca sábado, 30 de maio de 2020
(67) 99659-5905
TRANSFERÊNCIA

Depen confirma ex-governador em presídio federal de MS

26 outubro 2017 - 14h05Por Adriano Moretto

O Depen (Departamento Penitenciário Nacional), órgão vinculado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, confirmou nesta quinta-feira (26) que o ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, será mesmo transferido à Penitenciária Federal de Campo Grande.

Segundo nota publicada nos site do Ministério, Cabral deve desembarcar na capital sul-mato-grossense nos próximos dias, porém, por questões de segurança, a data exata não será informada.

O Depen divulgará informações sobre a transferência depois que o procedimento for finalizado, conclui o comunicado.

O anúncio da vinda de Cabral a Campo Grande foi feito na terça-feira por determinação da Justiça, mas a confirmação ocorreu apenas hoje. 

O ex-governador foi preso em novembro passado sob suspeita de recebimento de milhões de reais em propinas  ficou no Complexo de Gericinó, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro (RJ).

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

RELAÇÕES INTERNACIONAIS
EUA anunciam mais US$ 6 mi para ajudar Brasil no combate à pandemia
REGIÃO
Polícia localiza mocó de maconha e prende dois em Ivinhema
ESPORTES
Após cancelamento de maratona, corredor propõe “desafio solidário”
TOQUE DE RECOLHER
Mais de 200 são flagrados nas ruas de sexta para sábado na Capital
GOVERNO
Acordo prevê no máximo 20 dias para análise de auxílio emergencial
UEMS
Estudantes de MS criam robô que ajuda na prevenção do coronavírus
PANDEMIA
Primeiro caso de Covid-19 em Aquidauana pegou o vírus na Capital
JUSTIÇA
STF aprova mais 5 anos para adesão a acordo de planos econômicos
MONITORAMENTO
MS fica em 3º lugar no ranking de transparência nas informações sobre o coronavírus
COVID-19
Com mil mortes por dia, Brasil ainda não chegou ao pico da epidemia

Mais Lidas

DOURADOS
Protocolo é seguido e mulher vítima do coronavírus é enterrada sem despedida de familiares
MAIORIA JOVENS
Vítima fatal da Covid-19 faz parte da faixa etária com mais casos da doença em Dourados
COVID-19
Curva segue ascendente e Dourados ultrapassa 200 casos de coronavírus
PANDEMIA
Comitê diz que Dourados não é epicentro do novo coronavírus e descarta lockdown