Menu
Busca sábado, 25 de janeiro de 2020
(67) 9860-3221
SAÚDE

MS inicia 2020 com duas mortes por dengue e caso confirmado de leishmaniose

15 janeiro 2020 - 11h23Por Da Redação

Mais um paciente morreu vítima de dengue em Mato Grosso do Sul. Homem, de 30 anos, morador no bairro Nova Campo Grande, morreu neste domingo (12) no Hospital da Unimed na Capital. 

Segundo o Campo Grande News, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública) já fez a contraprova do exame no Lacen (Laboratório Central), confirmando a doença. Segundo a pasta, os primeiros sintomas foram apresentados ainda no dia 30 de dezembro do ano passado. O rapaz foi internado no dia 7 de janeiro com insuficiência hepática e renal.

Esta pode ser a segunda morte da doença em Mato Grosso do Sul. No dia 9, Lucian Andrade, de 29 anos, morreu na Santa Casa de Corumbá, distantes 416 km de Campo Grande, com suspeita de dengue grave, porém a SES (Secretaria de Estado de Saúde) trata o caso como suspeita.

Conforme levantamento feito pelo site, Mato Grosso do Sul encerrou 2019 com 29 mortes provocadas pela doença. Campo Grande e Dourados haviam registrado oito mortes cada. Em Três Lagoas foram mais três óbitos, seguido por Coxim, com dois casos confirmados. Maracaju, Ponta Porã, Corumbá, Costa Rica, Amambai, Miranda e Cassilândia registraram uma morte cada.

Durante todo 2019, o Estado registrou 66.634 notificações da doença, maior índice nos últimos seis anos, com 40.362 casos confirmados.

LEISHMANIOSE

Além da dengue, a leishmaniose já fez vítima no Estado. A Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas confirmou o primeiro caso da doença em MS neste ano após a internação de mulher de mulher de 32 anos, no Hospital Auxiliadora. As informações são do JP News.

A vítima apresentou os primeiros sintomas da doença em outubro de 2019, mas o resultado positivo foi laudado pelos médicos apenas agora, no mês de janeiro. A mulher passa por tratamento.

Em 2019 a cidade de Três Lagoas registrou dez casos da doença em humanos, com três mortes. Entre as vítimas está uma bebê de um ano de idade, além de uma mulher de 76 e um idoso de 71.

Uma dessas pessoas continua internada no hospital e tem 69 anos. Segundo a Secretaria, a idosa foi internada no dia 12 de dezembro, também no Hospital Auxiliadora.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Mourão inaugura estátua de D. Pedro I em São Paulo
CRIME AMBIENTAL
Paulistano é multado em R$ 21 mil por derrubar mata atlântica em MS
Grupo de Trabalho
Reunião discute combate ao feminicídio em Mato Grosso do Sul
BRASIL
Grupos de estudantes podem agendar visitas às sessões plenárias e das Turmas do STF
ESTADO
MEC aprova 1ª Residência Multiprofissional em Saúde da Família da UEMS
BRASIL
Chuvas em Minas Gerais já fizeram 7 mortos
CONTRABANDO
Casal é preso com mais de R$ 400 mil em relógios e celulares
POLÍTICA INTERNACIONAL
Brasil e Índia assinam acordos em tecnologia, energia e segurança
CAPITAL
Homem é atacado por pitbull em praça quando brincava com os filhos
TRÁFICO DE DROGAS
Cocaína apreendida em Ponta Porã seria levada para Brasília

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Pai e filha moradores de Dourados morrem em acidente no Paraná
DOAÇÃO
Órgãos captados em Dourados vão salvar vidas em três Estados
TRÁFICO
‘Espaço de lazer’ em Dourados era usado para guardar drogas e abrigar fugitivos
DOURADOS
Assassinato na Vila Rosa aconteceu por ciúmes durante manutenção em porta