Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
MS

Decreto Legislativo "tomba" monumento Cavaleiro Guaicuru

11 setembro 2017 - 18h35

O Decreto Legislativo 584, publicado nesta tarde (11) no Diário Oficial Eletrônico da Assembleia Legislativa, institui o processo de tombamento e inscrição do monumento ‘Cavaleiro Guaicuru’ no livro de tombo do Estado como Patrimônio Histórico de Mato Grosso do Sul.

O monumento ‘Cavaleiro Guaicuru’ está localizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande.

A estátua é uma obra de ferro, resina e pó de mármore, de quatro metros de altura, esculpida pelo artista Anor Mendes, em homenagem aos índios guerreiros da etnia Guaicurus.

Quem não observar o decreto pode pagar uma multa de até 100% do dano causado, além de outras penalidades legais.

É proibida então a demolição, destruição ou mutilação, pintura, reparação, reforma, ampliação, modificação e qualquer obra necessária à conservação do monumento, sem prévia autorização do órgão estadual responsável pela guarda do patrimônio histórico do Estado. O Decreto Legislativo entrou em vigor nesta segunda (11).

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios posa sensual e surpreende com biquíni ousado: "que susto"
POLÍTICA
Moka confirma aposentadoria, mas diz que benefício será de R$ 8 mil
RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto