Menu
Busca sexta, 16 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
MS

Debate em Fórum define prioridades nas políticas públicas para população indígena

18 junho 2015 - 15h00

Assessoria

A busca pelo diálogo constante e a necessidade do governo e lideranças indígenas construírem juntos as políticas públicas de esporte e lazer para os índios do Estado, foi tema de debate nesta quinta-feira (18) durante o Fórum promovido pela Fundesporte com apoio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

A subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Terena, reforçou o compromisso do Governo do Estado de construir as políticas respeitando cada etnia, “vamos juntos debater e construir as ações que beneficiem nosso povo e que respeite a cultura indígena de cada etnia”.

Silvana citou ainda a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas Indígenas, que está sendo estudado para contemplar todas as tribos. “A Subsecretaria quer ouvir os indígenas e não intercessores, intermediadores como sempre foi feito nos governos anteriores. As demandas sairão realmente de dentro das comunidades”, reforçou.

Durante o evento foi feito o lançamento oficial do 10º Jogos Indígenas de Mato Grosso do Sul (JIMS) que tem como proposta fortalecer a cultura indígena e fazer a integração das diferentes tribos. O Estado é forte candidato para ser sede no ano que vem da etapa nacional.

O “Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para os Povos Indígenas de MS” reuniu as oito etnias do Estado para colher subsídios para elaboração e implementação da Política Estadual. Estiveram presentes lideranças indígenas e pessoas ligadas ao esporte dentro das etnias.

A diretora de programas intersetoriais da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), Andrea Nascimento Ewerton, disse que para qualquer política ter sucesso é necessário ouvir as demandas de todas as partes envolvidas. “Para diagnosticar as demandas e organizar os projetos e ações para cada região é preciso saber as necessidades. Por isso, vamos ouvir e construir coletivamente uma política de inclusão e participação autônoma das comunidades indígenas ao esporte e ao lazer”, afirmou Andrea.

O encontro, que acontece às 17 horas no auditório Professor Dercir de Oliveira na UFMS, está trabalhando com três eixos temáticos: esporte de participação e lazer; esporte educacional; e esporte de rendimento e Esporte de Tradições Nativas/Indígenas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Seleção para preencher vagas de médicos cubanos ocorre ainda este mês
PROCLAMAÇÃO DA REPÚBLICA
Radares flagram quase 500 motoristas por excesso de velocidade nas BR's de MS
DOURADOS
Grupo ABV realiza sorteio de carro 0km
TRÂNSITO
Bêbado, homem é preso ao provocar acidente
ÁFRICA DO SUL
Prédio de apartamentos é construído com 140 contêineres
BRASIL
Bolsonaro diz que nomes de comandantes militares não estão definidos
PÓS-FERIADO
Centrão ‘calmo’ é reflexo do feriado no meio da semana em Dourados
CAMPO GRANDE
Para não bater em capivaras, motorista desvia, perde controle e capota veículo
ALERTA
Procon orienta sobre cuidados para compras na Black Friday
RURAL
Integração lavoura-pecuária atrai mais produtores em MS

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Empresário é executado e filho fica ferido em atentado
CAMPO GRANDE
Empresário executado na Capital era avalista em dívida de R$ 40 milhões
SUSTO
Veículo com placas de Dourados fica destruído ao ser atingido por vagões de trem
DOURADOS
Dupla armada rouba moto para assaltar empresa e levar R$ 3 mil