Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
MS

Debate em Fórum define prioridades nas políticas públicas para população indígena

18 junho 2015 - 15h00

Assessoria

A busca pelo diálogo constante e a necessidade do governo e lideranças indígenas construírem juntos as políticas públicas de esporte e lazer para os índios do Estado, foi tema de debate nesta quinta-feira (18) durante o Fórum promovido pela Fundesporte com apoio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

A subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Terena, reforçou o compromisso do Governo do Estado de construir as políticas respeitando cada etnia, “vamos juntos debater e construir as ações que beneficiem nosso povo e que respeite a cultura indígena de cada etnia”.

Silvana citou ainda a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas Indígenas, que está sendo estudado para contemplar todas as tribos. “A Subsecretaria quer ouvir os indígenas e não intercessores, intermediadores como sempre foi feito nos governos anteriores. As demandas sairão realmente de dentro das comunidades”, reforçou.

Durante o evento foi feito o lançamento oficial do 10º Jogos Indígenas de Mato Grosso do Sul (JIMS) que tem como proposta fortalecer a cultura indígena e fazer a integração das diferentes tribos. O Estado é forte candidato para ser sede no ano que vem da etapa nacional.

O “Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para os Povos Indígenas de MS” reuniu as oito etnias do Estado para colher subsídios para elaboração e implementação da Política Estadual. Estiveram presentes lideranças indígenas e pessoas ligadas ao esporte dentro das etnias.

A diretora de programas intersetoriais da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), Andrea Nascimento Ewerton, disse que para qualquer política ter sucesso é necessário ouvir as demandas de todas as partes envolvidas. “Para diagnosticar as demandas e organizar os projetos e ações para cada região é preciso saber as necessidades. Por isso, vamos ouvir e construir coletivamente uma política de inclusão e participação autônoma das comunidades indígenas ao esporte e ao lazer”, afirmou Andrea.

O encontro, que acontece às 17 horas no auditório Professor Dercir de Oliveira na UFMS, está trabalhando com três eixos temáticos: esporte de participação e lazer; esporte educacional; e esporte de rendimento e Esporte de Tradições Nativas/Indígenas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é morto a facada e testemunha presa por não pagar pensão
BRASIL
Estudo revela que 80% de diabéticos podem ter doenças cardiovasculares
RIO BRILHANTE
Dupla é flagrada com mais de 100 quilos de maconha em veículo

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
DOURADOS
Jovem é preso por tráfico internacional na rodoviária