Menu
Busca terça, 18 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
MS

Debate em Fórum define prioridades nas políticas públicas para população indígena

18 junho 2015 - 15h00

Assessoria

A busca pelo diálogo constante e a necessidade do governo e lideranças indígenas construírem juntos as políticas públicas de esporte e lazer para os índios do Estado, foi tema de debate nesta quinta-feira (18) durante o Fórum promovido pela Fundesporte com apoio da Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast).

A subsecretária de Políticas Indígenas, Silvana Terena, reforçou o compromisso do Governo do Estado de construir as políticas respeitando cada etnia, “vamos juntos debater e construir as ações que beneficiem nosso povo e que respeite a cultura indígena de cada etnia”.

Silvana citou ainda a elaboração do Plano Estadual de Políticas Públicas Indígenas, que está sendo estudado para contemplar todas as tribos. “A Subsecretaria quer ouvir os indígenas e não intercessores, intermediadores como sempre foi feito nos governos anteriores. As demandas sairão realmente de dentro das comunidades”, reforçou.

Durante o evento foi feito o lançamento oficial do 10º Jogos Indígenas de Mato Grosso do Sul (JIMS) que tem como proposta fortalecer a cultura indígena e fazer a integração das diferentes tribos. O Estado é forte candidato para ser sede no ano que vem da etapa nacional.

O “Fórum de Políticas Públicas de Esporte e Lazer para os Povos Indígenas de MS” reuniu as oito etnias do Estado para colher subsídios para elaboração e implementação da Política Estadual. Estiveram presentes lideranças indígenas e pessoas ligadas ao esporte dentro das etnias.

A diretora de programas intersetoriais da Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), Andrea Nascimento Ewerton, disse que para qualquer política ter sucesso é necessário ouvir as demandas de todas as partes envolvidas. “Para diagnosticar as demandas e organizar os projetos e ações para cada região é preciso saber as necessidades. Por isso, vamos ouvir e construir coletivamente uma política de inclusão e participação autônoma das comunidades indígenas ao esporte e ao lazer”, afirmou Andrea.

O encontro, que acontece às 17 horas no auditório Professor Dercir de Oliveira na UFMS, está trabalhando com três eixos temáticos: esporte de participação e lazer; esporte educacional; e esporte de rendimento e Esporte de Tradições Nativas/Indígenas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GOLPE
Homem teve celular e dinheiro roubados após ser vítima de "boa noite Cinderela"
DOURADOS
Abevê realiza décima edição da Sipat
CULTURA
Festival do Chamamé começa amanhã em MS
REGIÃO
Agehab notifica moradores de Itaporã por irregularidade contratual
BRASIL
Bolsonaro apresenta boa resposta a tratamento
EDUCAÇÃO
Mais de 80 mil jovens e adultos privados de liberdade fazem o Encceja
JUSTIÇA
Justiça do Trabalho inicia mutirão para solucionar processos durante fase de execução
ESPORTE
1ª Copa Abevê de Futsal começa nesta quarta-feira
FAMOSOS
Bruna Linzmeyer curte praia com suas amigas enquanto se prepara para novo papel
DEVER CUMPRIDO
Guarda Municipal aposenta mulher da 1ª turma da Corporação em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Homem encontrado na Marcelino morreu de causas naturais
FLAGRANTE
Mãe é presa na frente da filha traficando cocaína
DOURADOS
Corpo é encontrado na Marcelino Pires
DOURADOS
Morador flagra ladrão e aciona a polícia que consegue prende-lo