Menu
Busca terça, 25 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
CONCURSO

Cotistas passam por entrevista com banca composta por membros do movimento negro

19 setembro 2017 - 15h05

Dando sequência ao cronograma de atividades do concurso da Polícia Civil, foram realizadas na manhã desta terça-feira (19.9) as entrevistas de verificação dos candidatos cotistas que concorrem ao cargo de Delegado de Polícia.


Visando a transparência e lisura do maior concurso da história de Mato Grosso do Sul, que recebeu 38262 inscrições, a banca examinadora da etapa de verificação de cotistas negros é composta por duas representantes da comissão organizadora do concurso, e de membros de três entidades representativas, sendo, Subsecretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial e Cidadania, Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro de Mato Grosso do Sul, e Conselho Estadual dos Direitos Negros.

De 31 candidatos negros convocados para entrevista de verificação, 28 candidatos compareceram. O resultado da entrevista será publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (20.9). Os candidatos ausentes na entrevista, bem como os reprovados, passam automaticamente a concorrer nas vagas gerais.

Presidente da comissão organizadora do concurso, a delegada Maria de Lourdes Cano, acompanhou o processo e destacou o profissionalismo da banca examinadora. "São profissionais experientes, que irão avaliar não só a aparência em relação à cor da pele, mas caraterísticas que possam identifica-lo como sendo de origem negra" observou.

Conforme o cronograma do concurso, a convocação para a realização da prova escrita discursiva será nesta quarta-feira. De acordo com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, a segunda fase do concurso seguirá os mesmos critérios de fiscalização da primeira fase, a fim de dar segurança aos candidatos e manter a lisura e transparência do certame.

Foram inscritos para o cargo de Delegado de Polícia, 9760 candidatos, sendo que deste total, 563 candidatos se declararam negros, 13 indígenas e 118 portadores de necessidades especiais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZ
Paola Antonini: "minha autoestima melhorou depois que perdi a perna"
PESQUISA
Ibope: governo Azambuja é aprovado por 46% e reprovado por 17%
CAPITAL
Homem é preso após invadir residência com carro de luxo furtado
EM ALTA
Barril do petróleo passa de US$ 81 e fecha no maior valor em 4 anos
TRÊS LAGOAS
Homem foge após lançar droga e 14 celulares para dentro de presídio
UEMS
EscolaGov promove curso de Licitação e Contratos em Dourados
EDUCAÇÃO
‘Infâncias, Docência e Educação Infantil’ é tema de Seminário na UFGD
AQUIDAUANA
Homem é preso após invadir casa e abusar de menina de 12 anos
BOATOS
Manuela d'Ávila é ameaçada nas redes sociais após fake news
IMPROBIDADE
Ex-servidor do TJMS é acusado de receber dinheiro para intervir em ação

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
DOURADOS
Justiça mantém flagrante, mas concede liberdade a suspeita de alterar cena do crime
FÁTIMA DO SUL
Acidente envolvendo três veículos mata motociclista na MS-376
VIOLÊNCIA URBANA
Motorista de Uber é assaltada durante corrida em Dourados