Menu
Busca domingo, 21 de julho de 2019
(67) 9860-3221
ATENÇÃO AOS CANDIDATOS

Concurso da Educação acontece domingo e secretário alerta para o fim do horário de verão

13 fevereiro 2019 - 16h50Por Da Redação

O horário de verão acaba domingo (17.2) para 10 estados brasileiros e o Distrito Federal. Neste mesmo dia, em Mato Grosso do Sul, 24.246 candidatos disputam 1,5 mil vagas ofertadas pelo Governo do Estado, para profissionais da Educação Básica. Desse total, 24.171 farão as provas para assistente de atividades educacionais, agente de limpeza, e agente de merenda; e outros 75 candidatos farão a prova discursiva para o cargo de professor.

A maioria dos inscritos, 24.116, reside em Mato Grosso do Sul. Mas também farão as provas no domingo, 40 candidatos do vizinho Mato Grosso (MT), 33 do Paraná (PR), 30 de São Paulo (SP), 5 de Goiás (GO), 5 do Distrito Federal (DF), 4 de Minas Gerais (MG), 3 do Maranhão (MA), 3 de Rondônia (RO), 2 do Pará (PA), 2 do Rio de Janeiro (RJ), 1 do Rio Grande do Sul (RS), 1 de Santa Catarina (SC), e 1 do Amazonas (AM).

Em virtude da mudança, que deve atrasar os relógios em uma hora, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Roberto Hashioka, orienta que os candidatos redobrem a atenção, para evitar transtornos desnecessários. “Serão mais de 24 mil candidatos realizando as provas neste domingo em Campo Grande e Dourados, e para que ninguém saia prejudicado com o fim do horário de verão, pedimos que todos se programem para chegar com antecedência aos seus locais de prova” pontua.

O ensalamento dos candidatos está disponível para consulta na área do candidato no site da Fundação de Apoio a Pesquisa, ao Ensino e Assistência do Rio de Janeiro (Funrio). De acordo com a instituição, 14.366 candidatos às vagas administrativas, farão as provas em Campo Grande, e outros 9.805 em Dourados. Já os 75 candidatos às vagas do Magistério, farão as provas apenas em Campo Grande, conforme previsto no item 9.1 do edital.

Ainda de acordo com o secretário, será montado um esquema especial de segurança para os locais onde haverá maior concentração de candidatos. “Solicitamos o apoio das polícias, como forma de garantir não só a segurança dos candidatos, mas também a fluidez no trânsito” ressalta.

O fechamento dos portões ocorrerá pontualmente às 14 horas (horário de MS). Os candidatos deverão se apresentar aos locais para os quais foram designados na área do candidato, munidos de documento oficial com foto, caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada em material transparente.

O concurso

Promovido pelo Governo de Mato Grosso do Sul, por meio das Secretarias de Estado de Administração e Desburocratização (SAD) e de Educação (SED), o concurso público para profissionais da Educação Básica oferta 1,5 mil vagas em todo Estado.

São ofertadas 1000 vagas para professor da carreira profissional da educação básica, e 500 vagas são destinadas à carreira de apoio à Educação Básica. Sendo, 178 vagas para agente de limpeza, 168 para agente de merenda, e 154 para assistente de atividades educacionais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GENERAL OSÓRIO
Mulher de 57 anos é assaltada quando trafegava de bicicleta
PRAZO
Inscrição para professores fiscalizar provas do Enem termina amanhã
PEDRO JUAN
Segurança de boate que matou cliente com tiro na cabeça é preso
FENEARTE
Artesanato de MS é sucesso de vendas na maior feira da América Latina
DOURADOS
Homem perde motocicleta em assalto no jardim Novo Horizonte
PESQUISA
53% são contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixador
DOURADOS
Prova para candidatos a conselheiro tutelar será no dia 28 de julho
CAPITAL
Acidente entre dois carros e carreta mata motorista na BR-163
SHOWBIZZ
Luana Piovani revela o verdadeiro motivo do término com Pedro Scooby
CAPITAL
Homem é ferido com facada e testemunha presa por não pagar pensão

Mais Lidas

TRÂNSITO
Mulher morre após acidente entre carro e moto
DOURADOS
Guarda flagra rapaz empurrando moto e descobre que veículo era furtado
LAGUNA CARAPÃ
Homem chega alterado em casa, bate na mãe e é preso
CLONE
Veículo roubado no Brasil é recuperado com deputado paraguaio