Menu
Busca terça, 20 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ATENDIMENTO NORMAL

Com sindicato em eleição, servidores do INSS ainda não aderiram à greve em MS

08 julho 2015 - 16h30

Os servidores do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) em Mato Grosso do Sul ainda não aderiram à greve nacional da categoria que começou na terça-feira (7). De acordo com o Sintsprev/MS (Sindicato dos Trabalhadores Públicos Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social), será aguardado o processo eleitoral em andamento para escolha dos novos representantes da entidade sindical no Estado, para depois ser deliberada a adesão local ao movimento grevista.

Mas, o sindicato reconhece que pode haver adesões individuais de trabalhadores.

“Nós temos este encaminhamento em nível nacional, mas aqui no Estado estamos num período eleitoral no sindicato. Então decidimos que após este período eleitoral é que vamos entrar no debate sobre a greve. Mas, a categoria não está deixando de ser assistida, nós temos conversado sobre esse assunto”, explica Élio Araújo de Oliveira, diretor de Organização e Administração do Sintsprev/MS.

Segundo Élio, alguns trabalhadores têm falado em fazer a adesão de forma individual a partir desta quinta-feira (9). “Alguns colegas do INSS estão dizendo que vão parar a partir de amanhã [quinta] individualmente, porque já há um encaminhamento em nível nacional para isso. Mas, nós enquanto sindicato vamos discutir isso apenas depois do processo eleitoral”, reforça. Até esta quarta-feira (8), as agências do INSS funcionaram normalmente em MS.

ELEIÇÕES

As eleições no sindicato acontecem nesta quinta (9) e sexta-feira (10). Em Dourados, uma equipe que faz a coleta de votos passará pelos órgãos federais em que estão lotados os filiados. O Sintsprev/MS representa trabalhadores do INSS, Ministério do Trabalho, Ministério da Saúde, Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e Sesai (Secretaria Especial de Assuntos Indígenas).

Duas chapas concorrem à eleição do sindicato e a previsão é de que a vencedora do pleito seja conhecida logo na noite de sexta-feira (10). A publicação do resultado deve acontecer a partir de segunda-feira (13), quando os eleitos assumem a direção da entidade e também a responsabilidade de discutir a greve.

“Quem assumir o sindicato vai definir os procedimentos. Mas, devem ser feitos os trâmites normais, com assembleias municipais e em nível de Estado para decidir se em Mato Grosso do Sul vamos ou não aderir à greve”, esclarece.

NACIONAL

Segundo comunicado do Comando Nacional de Greve publicado pela Fenasps (Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social) nesta quarta-feira (8), a greve começou no dia 7 com adesão de 80% da categoria em todo o país.

A nota chegou a mencionar adesão em 21 unidades federativas, contendo Mato Grosso do Sul, mas o sindicato no Estado não confirma. A paralisação em Agências da Previdência Social ocorre em AP, BA, CE, DF, GO, MA, MG, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RS, SE, SC, SP e TO. Em alguns destes Estados, também houve adesão dos servidores do Ministério da Saúde, do Trabalho e da Anvisa.

“O comando avalia ser fundamental consolidar a greve em todos os Estados realizando atividades de rua nas capitais e cidades e mobilizar o máximo de trabalhadores para virem a Brasília na Marcha Nacional entre os dias 21 a 23 de Julho. Vamos responder na luta a indiferença do governo com as reivindicações dos trabalhadores”, diz a nota.

REIVINDICAÇÃO

Conforme a Federação, as reivindicações da categoria são: reajuste da remuneração de acordo com a inflação, incorporação das gratificações, plano de cargos e carreiras, 30 horas de trabalho para todos os servidores, concurso público para repor quadro funcional, fim do assédio moral, contra as terceirizações, isonomia salarial e paridade entre ativos e aposentados.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Laryssa Ayres exibe curvas em ensaio fotográfico de biquíni
CAMPO GRANDE
Motorista briga em tabacaria, foge, bate em 4 carros, mas acaba solta
ECONOMIA
Estudantes têm até sexta-feira para renovar contrato do Fies
BATAYPORÃ
Família volta a pedir ajuda para salvar a vida do garoto Davi Samuel
DESCONTOS
Confira 10 dicas para fugir de furadas apresentadas na Black Friday
CAMPO GRANDE
Jovem de 22 anos morre após colisão entre moto e caminhonete
NOVA ALVORADA
Justiça bloqueia bens de políticos e empresários por compra de farinha
EDITAL
Programa Mais Médicos oferece 8.517 vagas a partir de quarta-feira
URGÊNCIA
Senadores tentam votar projeto que enfraquece a Lei da Ficha Limpa
ANASTÁCIO
Mulher é agredida a socos por não levar comida de festa para marido

Mais Lidas

DOURADOS
Antes de ser assassinado, homem passou por ‘tribunal do crime’
DOIS MESES DEPOIS
Acusados de matar rapaz em Dourados serão apresentados hoje
MARCELO PILOTO
Traficante brasileiro é expulso do Paraguai após matar mulher em cela
VILA SÃO BRÁS
Mulher acorda e flagra ladrão dentro de casa em Dourados