Menu
Busca sexta, 19 de julho de 2019
(67) 9860-3221
PARANAÍBA

Com mais de mil consultas oftalmológicas feitas, Caravana inicia cirurgias nesta quinta

02 julho 2015 - 07h43

A Caravana da Saúde chegou nesta quarta-feira a mais de mil consultas realizadas em seu segundo dia de atendimento no município. As consultas oftalmológicas são a primeira etapa para o agendamento dos pacientes que precisam de procedimentos cirúrgicos, que começam a partir desta quinta no complexo da Caravana da Saúde, montado em frente ao campus da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Paranaíba.

Além da cidade, a Caravana está atendendo pacientes de municípios que compõem a microrregião como Inocência, Aparecida do Taboado e Cassilândia. Também estão incluídos nos atendimentos oftalmologicos os municípios de Chapadão do Sul, Costa Rica, Figueirão, Paraíso das Águas e Água Clara.

Na manhã de quarta-feira (01), pacientes destacaram a confirmação de suas cirurgias e falaram sobre o alívio em se ter acesso rápido a procedimento médicos trazidos pela Caravana que normalmente demandam muito tempo na fila de espera. Para o trabalhador rural, Arlindo Lopes do Prado, 75 anos, o diagnóstico de catarata acabou interrompendo uma das suas atividades preferidas que é cuidar do gado. Segundo Arlindo, a troca constante de óculos fez com que várias atividades que realizava no campo fossem deixadas de lado, porém a vontade de retornar sempre esteve presente.

“Estou a aproximadamente há 4 anos com este problema na visão. No começo resolvi usando óculos, mas com o passar do tempo não tinha mais efeito e eu acabava trocando até chegar num ponto onde o médico disse que eu precisava de uma cirurgia. Isso fez com que eu parasse com o trabalho no campo, o que eu sempre gostei de fazer. Ainda tento de vez em quando mas não é a mesma coisa. Fui chamado pela Caravana da Saúde e tive a minha cirurgia confirmada. Confesso que de inicio me dá um pouco de medo, mas a volta as atividades fala mais alto. Nunca vi uma iniciativa de saúde como esta e é com certeza um trabalho que merece os parabéns”, comemorou Arlindo.

Para o morador de Água Clara, Martino Deflou, 72 anos, os primeiros sintomas de catarata surgiram após um graveto atingir seu olho esquerdo. Com o passar do tempo a dificuldade de enxergar foi aumentando, atrapalhando as suas atividades diárias. “Foi há muito tempo, mas um graveto acabou batendo em meus olhos. De início não percebi nenhum problema, mas o tempo foi passando e cada vez mais minha visão ficou embaçada ao ponto de não enxergar. Acabei deixando de lado a busca por exames ou consulta. Como participo de um grupo de idosos em Água Clara, fiquei sabendo da Caravana da Saúde e vi a oportunidade de buscar um tratamento. Vim com o Serviço Social de Idosos de Água Clara e não tenho do que reclamar sobre este programa. Seria muito importante que ele não parasse”, disse Martino após a confirmação de sua cirurgia.

Acompanhada de sua filha, Benedita Maria dos Santos, moradora do município de Aparecida do Taboado, destacou a chegada da Caravana até a sua região após estar há quatro meses realizando exames para uma fazer uma cirurgia de correção na retina. “Percebi que minha visão estava fraca a ponto de não conseguir mais nada. Cheguei a fazer um procedimento na cidade de São José do Rio Preto, mas um tempo depois os problemas voltaram. O ultimo exame diagnosticou um descolamento de retina, sendo necessária mais uma cirurgia. Eu já estava me preparando para ir até Três Lagoas, mas como meu filho mora lá, ele me avisou que a Caravana viria até Paranaíba. Foi uma satisfação ter acesso a este tipo de tratamento e confirmar esta cirurgia de correção. É um trabalho essencial para a população e o governo esta de parabéns pela iniciativa”, disse Benedita.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
PF prende ‘Galã’, do PCC acusado de envolvimento na morte de Rafaat
IMPASSE
Petrobras se nega a abastecer navios iranianos por temer sanções
Idoso de 81 anos incendeia casa após usar fogo para espantar insetos
EDUCAÇÃO
Canditados na lista de espera do ProUni devem comprovar informações
DOURADOS
Prefeitura ameaça romper contrato com empreiteira responsável por reforma do PAM
EDUCAÇÃO
Prorrogado prazo de inscrição para a reunião da SBPC na UFMS
LEGISLATIVO
Renato Câmara fecha semestre com 6 novos projetos de lei e mais de 275 proposições
INTERNACIONAL
Junho teve a maior temperatura já registrada para o mês no planeta
ECONOMIA
Dólar termina a semana em alta, de olho em projeções sobre juros nos EUA
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Ex-prefeito terá que devolver dinheiro pago em licitação sem nota fiscal

Mais Lidas

FRONTEIRA
Pistoleiros são presos após executarem homem a tiros
DOURADOS
Delegado encerra Inquérito e aguarda perícia para saber se tiro que matou bioquímico foi acidental
DOURADOS
AGORA: Homem é baleado no Estrela Verá
FRONTEIRA
Suspeito de ter matado homem encontrado boiando em rio é preso