Menu
Busca segunda, 09 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221
AUTOESTIMA

Cassems oferece aula de culinária a beneficiários em tratamento oncológico

19 novembro 2019 - 21h05Por Da Redação

Na próxima quinta-feira, dia 21 de novembro, às 18 horas, a Cassems realiza uma aula de culinária para pacientes em tratamento contra o câncer, com o tema de “Preparações Comemorativas Saudáveis”. Com o objetivo de promover a socialização, autoestima e despertar novas habilidades, a Caixa dos Servidores ressalta o seu compromisso em promover atividades que despertem sentimentos positivos nos pacientes. O encontro acontece no Centro de Prevenção “Cássio Pereira do Nascimento”, na rua Abrão Júlio Rahe, 97, no centro de Campo Grande. Para mais informações, entrar em contato pelo número (67)3309-5305.

Mais que uma simples oficina de receitas com teor nutritivo, o programa de prevenção é uma experiência sensorial para os participantes, que tiram dúvidas e desmistificam o entendimento de que a culinária saudável é cara e inacessível. A beneficiária Regina Célia de Araújo Silva participou do curso pela primeira vez.

“Aqui, degustamos uma comida maravilhosa. Mas, antes de experimentar, sentimos o cheiro, vimos a cor e o visual da comida, tocamos e sentimos a textura das folhas e de outros ingredientes. A aula foi maravilhosa e eu gostaria que outras mulheres que passam pela mesma patologia que eu tivesse essa oportunidade”.

Regina Célia explica que o câncer de mama trouxe a inserção de medicamentos fortes para a sua vida, que agridem a região estomacal e tiram a disposição. No entanto, com a aula, ela encontrou alternativas diferenciadas de incrementar o cardápio para melhorar a alimentação neste período de fragilidade.

“Essas aulas trazem vida para a nossa vida. Principalmente nós, que caminhamos neste tratamento doloroso e nada fácil, a informação é essencial. Hoje, aprendemos sobre a culinária Panc e ganhamos conhecimento, estamos degustando uma comida maravilhosa e vamos aplicar isso na nossa vida. Nós precisamos, ao menos, ao passar por uma doença como esta, eliminar os excessos de uma alimentação industrializada, gordurosa e, com isso, aprendemos que existe sabor fora desses alimentos”.

Cuidar com Carinho

No encontro, os beneficiários acompanham a preparação dos pratos junto do nutricionista, enquanto tiram dúvidas. Então, experimentam os pratos e levam a apostila com as orientações para casa, à fim de aplicar as preparações nas receitas do cotidiano. Um dos objetivos do programa é oferecer alternativas viáveis e diferenciadas para as orientações que os pacientes recebem nos consultórios de nutrição.

De acordo com a coordenadora de Nutrição da Cassems, Eliana Nogueira Dias, pessoas em tratamento contra o câncer necessitam de atenção redobrada para a alimentação. “A Cassems olha com mais carinho para os beneficiários e, com isso, ensina receitas saudáveis e com nutrientes específicos para que os sintomas da doença não piorem e instalem a prática de uma alimentação mais nutritiva à longo prazo”.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

MEIO AMBIENTE
Universidades estudam como reduzir emissões de CO2 na atmosfera
MEIO AMBIENTE
Governo vai remunerar quem atua na conservação ambiental
CONCURSO
11 órgãos abrem inscrições para 1,4 mil vagas nesta segunda-feira
SUMIÇO
Família procura por homem que desapareceu na região de Taquarussu
MÚSICA
Festival em meio a 'reserva natural' acontece hoje em Dourados
FUTEBOL
Última rodada do Brasileirão 2019 será disputada neste domingo
ECONOMIA
Com a certeza de dinheiro na conta, servidor estadual faz planos com 13°
INTERNACIONAL
Pelo menos 43 pessoas morrem em incêndio em fábrica da Índia
AGEPAN
Portaria homologa tarifas de pedágio de ponte sobre o Rio Paraguai
DOURADOS
Inteligência da PM prende dois por tráfico no bairro Estrela Tovi

Mais Lidas

CAMPO GRANDE
Deputado perde Carteira de Habilitação ao cair em blitz da Lei Seca
RIBAS DO RIO PARDO
Casal aparece e relata que “sumiço” foi por contratempo com celular
POLÍTICA
Plenário do Senado pode votar o Pacote Anticrime ainda neste ano
Homem "furta" carro penhorado em "boca" e é perseguido por traficantes