Menu
Busca sexta, 22 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
LEGISLATIVO

Bovino Pantaneiro é declarado Patrimônio Cultural e Genético de MS

10 novembro 2017 - 11h32Por Da Redação

O Decreto Legislativo (DL) 589/2017, que foi publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (9/11), reconhece o Bovino Pantaneiro como Patrimônio Cultural e Genético do Estado de Mato Grosso do Sul. O Bovino Pantaneiro constitui patrimônio natural portador de referência e identidade às ações e a memória da sociedade sul-mato-grossense.

Na justificativa da proposta, há um retrospecto da história e importância da raça para a identidade do Estado. "A origem dos bovinos pantaneiros se confunde com os primórdios da pecuária no Pantanal. Também chamado de cuiabano, jofreano, taquati, taboqueano ou tucura, este bovino está intimamente associado às tradições culturais do povo pantaneiro, estando eternizado nas poesias e nas modas de viola como 'boi soberano', 'boi fumaça', 'boi cigano', entre outros".

Os primeiros registros da raça ocorreram por volta do ano 1500, quando os ancestrais ibéricos, portadores de genes taurinos, foram inicialmente introduzidos pelos canais do Rio da Prata e Rio Paraguai, por expedições espanholas que vinham em busca de metais preciosos no Peru. Posteriormente, de 1725 a 1736, com o Ciclo do Ouro, outros grupos genéticos de origem portuguesa foram trazidos para o Pantanal.

Assim, do cruzamento das raças surgiu o chamado bovino pantaneiro, com DNA essencialmente europeu e oriundo essencialmente da miscigenação de 11 raças, sendo cinco espanholas e seis portuguesas.

Em 1928, criadores da Nhecolândia, na região compreendida pelos rios Taquari, Negro, Miranda e Paraguai, introduziram touros das raças Shorthorn e Hereford, com o intuito de melhorar as características zootécnicas do gado pantaneiro. Orro reiterou que o bovino pantaneiro entrou em decadência no início do séculos XX, em função de cruzamentos com outras raças, em especial os zebuínos, como a raça Nelore, mas é um grupo genético altamente adaptado ao ambiente peculiar do Pantanal. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ELEIÇÕES
Candidatos à Reitoria da UFGD ainda participarão de três debates
RURAL
Ministério da Agricultura prepara MP que muda inspeção sanitária
UEMS
Palestra sobre meditação será nesta sexta-feira em Dourados
LEÃO
Entrega da declaração do Imposto de Renda 2019 começa dia 7 de março
IGUATEMI
Homem é preso após simular suicídio da namorada que matou enforcada
TEMPO
Sexta-feira de sol com aumento de nebulosidade em Dourados
UAU
Bruna Griphao deixa tanquinho à mostra durante passeio na cachoeira
RORAIMA
Venezuela fecha fronteira com o Brasil no horário determinado por Maduro
BR-060
Perseguição acaba com 3 presos e caminhonete com maconha apreendida
REPASSES
Ministro do STF dá mais um ano para Congresso regulamentar a Lei Kandir

Mais Lidas

OPORTUNIDADE
Prorrogadas inscrições em processo seletivo para contratação de Assistentes de Atividades Educacionais
MAIS UM
Délia exonera secretário de Saúde e adjunta assume o posto
TURISMO
Deputado "mata" trabalho para passar nove dias em peregrinação
AMAMBAI
Homem mata a ex-mulher a facadas na frente dos sete filhos