Menu
Busca quarta, 20 de novembro de 2019
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Baixo desempenho da rede de ensino em cidade de MS será debatido

18 junho 2019 - 15h05Por Da Redação

O Ministério Público Federal (MPF) realizará, em 26 de junho, a primeira audiência pública do projeto Ministério Público pela Educação (MPEduc) na cidade de Ladário. O evento acontece na Escola Municipal Marquês de Tamandaré, às 18h, e vai debater o baixo desempenho no ensino público apontado pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) no município, que recebeu a média de 4,4 no ano de 2017.

O intuito da audiência pública é identificar quais são os fatores responsáveis pelo baixo índice apontado pelo IDEB, bem como ouvir a administração pública municipal e estadual, a comunidade de Ladário e as instituições locais sobre as demandas na área.

Essas informações vão embasar um diagnóstico da rede escolar, que servirá de base para a atuação do MPF, em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), junto à rede escolar de Ladário.

Ao final do projeto haverá a convocação de novas audiências públicas para informar a sociedade das medidas adotadas e os resultados obtidos.

Projeto - MPEduc é um projeto que tem o objetivo de identificar os motivos dos baixos índices nas redes públicas dessas localidades; acompanhar a execução das políticas públicas na área educacional, assim como a destinação adequada dos recursos públicos; verificar a existência e a efetividade dos conselhos sociais em atuação na área de educação; levar conhecimento ao cidadão sobre seu direito de ter uma educação de qualidade, bem como sobre seu dever em contribuir para que esse serviço seja ofertado adequadamente.

Desde fevereiro, o MPF em Corumbá vem executando o projeto. A primeira ação foi o preenchimento de um questionário no site do MPEduc, por representantes das escolas e conselhos. O segundo passo vai ser a audiência pública, que ampliará as considerações apontadas pela comunidade. A terceira etapa serão as visitas nas escolas por membros do Ministério Público e dos conselhos, além da UFMS e de cidadãos interessados.

Os participantes que desejam fazer o uso da palavra na audiência pública podem já se inscrever pelo e-mail isismacedo@mpf.mp.br. Também existe a possibilidade de inscrição no momento do evento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE
Sanesul abre processo seletivo para contador, engenheiro e psicólogo
R$ 6 MILHÕES
Carga milionária de cigarros que saiu de Caarapó é apreendida no Paraná
DOURADOS
Corregedoria abre sindicância para apurar ação da Guarda que terminou em morte
ANÁLISE
Nota MS Premiada passa pela CCJR e segue para votação em Plenário
CRIME AMBIENTAL
Assentado é multado em R$ 5 mil por corte irregular de árvores
EDUCAÇÃO
Enade: termina amanhã prazo para responder questionário
AGRONEGÓCIO
Maiores produtores de soja do Estado ainda não concluíram plantio
COXIM
Capivara é capturada em quintal de residência
FUTEBOL
Sport pode carimbar acesso à Série A nesta quarta-feira
BRASIL
Bolsonaro enviará hoje à Câmara projeto de excludente de ilicitude

Mais Lidas

ESTELIONATO
Suspeita de aplicar golpes em Dourados é presa na Paraíba
OPERAÇÃO PATRON
Dono de loja de importados na fronteira também é alvo de operação
DOURADOS
Nove homens acusados pela morte de interno da PED vão a júri nesta quarta
RIO BRILHANTE
Vítima de acidente em rodovia morre em hospital de Dourados