Menu
Busca segunda, 24 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
EDUCAÇÃO

Azambuja assina PL que concede reajuste salarial para profissionais de Educação

30 junho 2015 - 07h42

Confirmando o compromisso de valorização dos profissionais de Educação, o governador Reinaldo Azambuja assina, nesta terça-feira (30), às 8h, os projetos de lei que regulamentam a eleição de diretores e que tratam do reajuste salarial até 2021 e a hora/atividade dos professores da Rede Estadual de Ensino.

A assinatura será na Federação dos Trabalhadores em Educação (Fetems), que fica na rua 26 de Agosto, 2296 – Bairro Amambaí, em Campo Grande.

Os projetos garantem a integralização do piso por 20 horas para 2021 e o reajuste anual do piso com acréscimo de 4,37% todo o mês de outubro.

Levantamento feito pela imprensa nacional em todos os Estados da Federação (incluindo DF) mostra que os professores de Mato Grosso do Sul recebem o maior valor por hora/aula (R$ 24,96) e a maior remuneração (R$ 3.994,25) para uma jornada de 40 horas semanais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Luisa Sonza relata críticas após procedimento: 'Acharam feio'
MEDIDA
ANP vai fazer consulta para substituir GNL importado por gás doméstico
LADÁRIO
Três pessoas ficam feridas em capotagem de carro
INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor
BRASIL
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018

Mais Lidas

DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
TEMPORAL
Chuva e ventos fortes derrubam árvores em Dourados
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital
POLÍCIA
Homem sofre tentativa de homicídio em Dourados