Menu
Busca sexta, 19 de outubro de 2018
(67) 9860-3221
SE ENTREGOU

Acusado de homicídio se apresenta em Fátima do Sul

20 setembro 2017 - 11h45

No final da tarde de ontem (19), se apresentou à polícia, em Fátima do Sul, Luiz Carlos Ribeiro da Cruz, de 24 anos. Ele confirmou ter atirado contra Aleandro Pereira da Silva, de 33 anos, no final da manhã de segunda-feira (18), entre as Ruas Melvin Jones e Presidente Dutra.

O delegado responsável pelo caso, Marcius Geraldo Santos Cordeiro e investigadores da Polícia Civil de Fátima do Sul, iniciaram as investigações logo após o crime, sendo possível identificar o autor.

O site Siliga News informou que na manhã de ontem (19), o delegado foi comunicado pelo advogado do autor, que ele deveria se apresentar até o fim da tarde para esclarecimentos.

Por volta das 17h30, Luiz se apresentou acompanhado do advogado e confirmou ser o autor do crime. A arma do crime não foi apresentada.

Ainda conforme informações do site, o acusado se limitou a responder as perguntas sobre o motivo do crime. Luiz apenas relatou que na madrugada de domingo (17), teria sido agredido por diversas pessoas [incluindo Aleandro]. Durante o domingo, Aleandro teria passado por diversas vezes em frente ao comércio do acusado, tentando intimidá-lo. Já na manhã de segunda-feira [dia do crime] Aleandro teria ido até o local novamente, momento que ocorreu o crime.

O acusado foi ouvido e liberado em seguida. Em conversa com o Siliga News na manhã desta quarta-feira (20), Marcius Geraldo, relatou que a liberdade do acusado não implica em impunidade. O delegado disse que deverá finalizar o inquérito policial sobre a morte de Aleandro já nos próximos dias, e que Luiz deverá ser intimado novamente para prestar esclarecimentos.

Marcius disse também, que outras pessoas ouvidas deverão ser intimadas para prestarem esclarecimentos sobre o crime.

O delegado comentou que aguarda o laudo técnico necroscópico para apontar o calibre da arma usada, bem como quantos disparos atingiram a vítima, haja vista que Luiz não apresentou a arma usada no crime.

O acusado será indiciado por homicídio qualificado [crime cometido por motivo fútil]. Caso seja condenado, a pena varia de 12 a 30 anos de reclusão em regime inicialmente fechado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Goldfarb relembra foto em que aparece nua na praia
ELEIÇÕES 2018
Jair Bolsonaro afirma que não vai a debates no segundo turno
FRONTEIRA
Homem de 43 anos e o filho de 11 são assassinados a facadas
DISPUTAS
Jogos Escolares e da Juventude iniciam confronto no fim de semana
LICITAÇÕES
Decretada emergência em três cidades por estragos de chuva
HOMICÍDIO
Juiz decide levar a júri popular réu que provocou acidente com morte
ECONOMIA
Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões em 1 ano
ACADÊMICOS
UFGD é campeã estadual dos Jogos Universitários Brasileiros
JUSTIÇA
Concessionária e montadora são condenadas por problemas em moto
PARANAÍBA
Mulher descobre gravidez um dia antes do parto e perde bebê

Mais Lidas

MARACAJU
Empresário douradense e filho morrem em acidente na BR-267
DOURADOS
Afogamento de africano ocorreu após apostar garrafa de cachaça com colega
DOURADOS
Mulher é condenada a 12 anos de prisão pela morte do ex-marido
DOURADOS
Corpo de homem que morreu afogado em lago é encontrado