Menu
Busca sábado, 21 de julho de 2018
(67) 9860-3221
SE ENTREGOU

Acusado de homicídio se apresenta em Fátima do Sul

20 setembro 2017 - 11h45

No final da tarde de ontem (19), se apresentou à polícia, em Fátima do Sul, Luiz Carlos Ribeiro da Cruz, de 24 anos. Ele confirmou ter atirado contra Aleandro Pereira da Silva, de 33 anos, no final da manhã de segunda-feira (18), entre as Ruas Melvin Jones e Presidente Dutra.

O delegado responsável pelo caso, Marcius Geraldo Santos Cordeiro e investigadores da Polícia Civil de Fátima do Sul, iniciaram as investigações logo após o crime, sendo possível identificar o autor.

O site Siliga News informou que na manhã de ontem (19), o delegado foi comunicado pelo advogado do autor, que ele deveria se apresentar até o fim da tarde para esclarecimentos.

Por volta das 17h30, Luiz se apresentou acompanhado do advogado e confirmou ser o autor do crime. A arma do crime não foi apresentada.

Ainda conforme informações do site, o acusado se limitou a responder as perguntas sobre o motivo do crime. Luiz apenas relatou que na madrugada de domingo (17), teria sido agredido por diversas pessoas [incluindo Aleandro]. Durante o domingo, Aleandro teria passado por diversas vezes em frente ao comércio do acusado, tentando intimidá-lo. Já na manhã de segunda-feira [dia do crime] Aleandro teria ido até o local novamente, momento que ocorreu o crime.

O acusado foi ouvido e liberado em seguida. Em conversa com o Siliga News na manhã desta quarta-feira (20), Marcius Geraldo, relatou que a liberdade do acusado não implica em impunidade. O delegado disse que deverá finalizar o inquérito policial sobre a morte de Aleandro já nos próximos dias, e que Luiz deverá ser intimado novamente para prestar esclarecimentos.

Marcius disse também, que outras pessoas ouvidas deverão ser intimadas para prestarem esclarecimentos sobre o crime.

O delegado comentou que aguarda o laudo técnico necroscópico para apontar o calibre da arma usada, bem como quantos disparos atingiram a vítima, haja vista que Luiz não apresentou a arma usada no crime.

O acusado será indiciado por homicídio qualificado [crime cometido por motivo fútil]. Caso seja condenado, a pena varia de 12 a 30 anos de reclusão em regime inicialmente fechado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRÂNSITO
Motociclista morre após acidente em avenida movimentada da Capital
BRASIL
PMN decide não ter candidato à Presidência nem fazer alianças
FUTEBOL
Clássicos regionais podem definir novo líder hoje no Brasileirão
LOTERIA
Mega Sena pode pagar R$ 62 milhões neste sábado
CAMPO GRANDE
Homem escala torre de energia e cai ao encostar na rede de alta tensão
ELEIÇÕES 2018
Mesmo com Puccinelli preso, MDB retoma na segunda preparativos para lançamento de sua candidatura
ELEIÇÕES 2018
PDT lança Odilon ao governo e se alia ao Pros e Podemos
CAMPO GRANDE
Mulher morre ao bater carro na traseira de caminhão parado
SUB-19
Sete sai na frente, toma a virada e perde a liderança para o União ABC
FLAGRANTE
Maconha apreendida em Dourados deve chegar a 2t

Mais Lidas

ALBINO COM A JOAQUIM
Músico morre quatro dias após acidente no Centro de Dourados
LAMA ASFÁLTICA
Puccinelli, filho e advogado são presos na Capital
ÁGUA BOA
Ferido com tiro durante comemorações na Copa é preso com drogas em Dourados
DOURADOS
Vereador é assaltado por dupla armada ao chegar em casa