Menu
Busca Sexta, 15 de Dezembro de 2017
(67) 9860-3221
Reveillon - Clube Indaiá
SE ENTREGOU

Acusado de homicídio se apresenta em Fátima do Sul

20 Setembro 2017 - 11h45

No final da tarde de ontem (19), se apresentou à polícia, em Fátima do Sul, Luiz Carlos Ribeiro da Cruz, de 24 anos. Ele confirmou ter atirado contra Aleandro Pereira da Silva, de 33 anos, no final da manhã de segunda-feira (18), entre as Ruas Melvin Jones e Presidente Dutra.

O delegado responsável pelo caso, Marcius Geraldo Santos Cordeiro e investigadores da Polícia Civil de Fátima do Sul, iniciaram as investigações logo após o crime, sendo possível identificar o autor.

O site Siliga News informou que na manhã de ontem (19), o delegado foi comunicado pelo advogado do autor, que ele deveria se apresentar até o fim da tarde para esclarecimentos.

Por volta das 17h30, Luiz se apresentou acompanhado do advogado e confirmou ser o autor do crime. A arma do crime não foi apresentada.

Ainda conforme informações do site, o acusado se limitou a responder as perguntas sobre o motivo do crime. Luiz apenas relatou que na madrugada de domingo (17), teria sido agredido por diversas pessoas [incluindo Aleandro]. Durante o domingo, Aleandro teria passado por diversas vezes em frente ao comércio do acusado, tentando intimidá-lo. Já na manhã de segunda-feira [dia do crime] Aleandro teria ido até o local novamente, momento que ocorreu o crime.

O acusado foi ouvido e liberado em seguida. Em conversa com o Siliga News na manhã desta quarta-feira (20), Marcius Geraldo, relatou que a liberdade do acusado não implica em impunidade. O delegado disse que deverá finalizar o inquérito policial sobre a morte de Aleandro já nos próximos dias, e que Luiz deverá ser intimado novamente para prestar esclarecimentos.

Marcius disse também, que outras pessoas ouvidas deverão ser intimadas para prestarem esclarecimentos sobre o crime.

O delegado comentou que aguarda o laudo técnico necroscópico para apontar o calibre da arma usada, bem como quantos disparos atingiram a vítima, haja vista que Luiz não apresentou a arma usada no crime.

O acusado será indiciado por homicídio qualificado [crime cometido por motivo fútil]. Caso seja condenado, a pena varia de 12 a 30 anos de reclusão em regime inicialmente fechado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAUUU!!!
Noiva de Latino mostra marquinha e corpo sarado
EDUCAÇÃO
Enem é cancelado em 13 unidades prisionais por causa de greves e rebeliões
CAPACITAÇÃO
IFMS oferece curso de Sistemas para Internet
PRIMEIRO COLOCADO
Policial do DOF se destaca em curso operacional no Mato Grosso
PACIJUS
TJMS entrega presentes da Campanha de Natal
CLUBE ABEVÊ
Rede Abevê terá aplicativo com vantagens em janeiro
CAMPO GRANDE
Carreta da Justiça leva biometria ao distrito de Anhanduí
REFIS
Aprovada prorrogação do prazo para contribuintes que desejam quitar dívidas com até 95% de desconto
ECONOMIA
Dólar sobe e fecha em R$ 3,33 após adiamento da votação da reforma da Previdência
DOURADOS
Ladrão invade comércios e leva moto de atendente

Mais Lidas

DOURADOS
Dez são detidos na 2ª fase da Operação Thanos
THANOS
Megaoperação cumpre mandados em bairros de Dourados
AQUIDAUANA
Corpo de ex-presidente da OAB é encontrado carbonizado na BR-419
JOÃO PAULO II
Homem é encontrado morto em cozinha de quitinete