Menu
Busca domingo, 23 de setembro de 2018
(67) 9860-3221
MS

AL vai debater cobranças “exorbitantes” em contas de energia durante audiência

03 junho 2015 - 15h15

Está marcado para o próximo dia 17 de junho, às 14h, audiência pública para tratar sobre cobranças nas contas de energia elétrica. Segundo os deputados, o evento é a forma encontrada para provocar o Ministério Público e mostrar que há cobranças indevidas nas contas dos consumidores, já que a CPI que tramitava foi temporariamente suspensa.

Um exemplo citado na sessão de hoje foi de uma cidadã que passou seis meses consumindo a média de 230 a 248 kWh/mês e, no mês de março deste ano o consumo saltou para 1221 kWh/mês e ao procurar a Energisa, a consumidora não obteve explicação para tal cobrança, apenas foi informada de que deverá pagar a conta que totaliza R$ 871.


O Ministério Público Estadual, o Procon (Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor), Ministério Público Federal, a Energisa e outras instituições afins foram convidadas para a audiência pública.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INVESTIGAÇÃO
Polícia Federal reforça versão de que agressor de Bolsonaro atuou sozinho
CAPITAL
Carreta tomba com 27 toneladas de agrotóxico
POLÍTICA
Temer viaja a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU; Toffoli assume Presidência
PONTA PORÃ
PM recebe solicitação por desentendimento familiar e captura foragido
CAPITAL
Homem é encontrado morto com tiro na cabeça
TRÁFICO DE DROGAS
PRF apreende 42kg de maconha e skank após fuga de condutor
BRASIL
Multas por uso de celular ao volante crescem 33% em 2018
CAPITAL
Mulher é flagrada ao tentar entrar em presídio com carregador e 20 chips nas partes íntimas
BRASILEIRÃO/2018
Operário-PR vence o Cuiabá por 1 a 0 e levanta a taça da Série C
POLÍCIA
Presos em Dourados são transferidos para capital

Mais Lidas

DOURADOS
Jovem foi espancada até a morte no Pelicano
DOURADOS
Amiga de jovem encontrada morta é presa acusada por tráfico e por alterar a cena do crime
DOURADOS
Jovem é encontrada morta no Jardim Pelicano
OPERAÇÃO NEPSIS
Ação conjunta prende cinco Policiais Rodoviários Federais em MS