Menu
Busca terça, 19 de fevereiro de 2019
(67) 9860-3221
ASSEMBLEIA

Aprovada inclusão da tipagem sanguínea em documentos

20 setembro 2017 - 19h05

Três proposições foram aprovadas pelos parlamentares durante a Ordem do Dia desta quarta-feira (20). O Projeto de Lei (PL) 177/2017, de autoria do deputado estadual Cabo Almi (PT), dispõe sobre a obrigatoriedade da informação da tipagem sanguínea e do fator Rh na emissão do documento de identificação de recém-nascidos e seus pais, por meio de certidão fornecida por hospitais e maternidades do Estado, públicas e privadas, em até 48 horas após o parto.

A proposta, aprovada em 1ª discussão, recebeu voto contrário do deputado Dr. Paulo Siufi (PMDB). Hoje, a realização de exames para detecção de doenças já é obrigatória em todas as maternidades. Informar o tipo de sangue (A, B, AB, O) e o fato Rh (positivo e negativo), conforme Cabo Almi, é fundamental para descobrir se a criança terá algum problema de saúde em decorrência de incompatibilidade sanguínea com a mãe.

"Também é importante em casos de emergência médica e para evitar casos de troca ou desaparecimento de recém-nascidos nos hospitais e maternidades, pois impedirá falsificação documental", explicou o autor do projeto.

Em discussão única, foi aprovado o PL 173/2017, do deputado Professor Rinaldo (PSDB), que declara de Utilidade Pública Estadual a Associação Social de Esporte e Cultura, com sede e foro no município de Bataguasu.

Comunicação sobre concursos públicos

Por fim, foi aprovado em redação final o PL 88/2016, do Poder Executivo, revogando as leis 1623/1995 e 3734/2009, que obrigam entidades organizadoras de concursos públicos, destinados aos provimentos de cargos da administração pública estadual, a enviar carta com Aviso de Recebimento (AR) aos candidatos em todas as etapas do processo seletivo. O Estado já adota a regra de disponibilizar e dar ciência das fases concursais em sítio eletrônico específico e no Diário Oficial.

Para garantir a efetiva disponibilização de comunicações nas fases dos concursos, bem como nomeações e convocações, o deputado Amarildo Cruz (PT) apresentou Emenda Aditiva para que os avisos sejam realizados por e-mail e via SMS para os celulares informados no ato da inscrição. A proposta também foi aprovada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Mariana Rios renova o bronza em cenário de tirar o fôlego no Rio
POLÍCIA
Dupla é presa dinheiro e documentos falsos no aeroporto da Capital
BRASIL
Senado aprova projeto que proíbe casamento de menores de 16 anos
JUSTIÇA
Fabricantes de laticínios devem pagar R$ 18 mil por calote em conta de luz
TRÁFICO
Trio é preso com mais de meia tonelada de cocaína
COXIM
Idosa de 80 anos é agredida a pauladas por jovem que invadiu casa
ESPORTE
Funed conclui elaboração de calendário anual de atividades esportivas
APOSENTADORIA
Bolsonaro fará pronunciamento na TV para defender reforma da Previdência
PROJETO
UFGD seleciona shows musicais para o projeto Celebração 2019
CAMPO GRANDE
Júri é suspenso após advogada chorar e ameaçar suicídio

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Motociclista atropela, mata criança de 1 ano em Dourados e foge do local
DOURADOS
Motorista tenta desviar de outro veículo e bate carro em árvore
NOVA ANDRADINA
Mãe de 16 anos mata filha de apenas 21 dias
DOURADOS
Um ano após pedido de demissão, ex-secretário de Délia retorna à prefeitura