Menu
Busca segunda, 25 de junho de 2018
(67) 9860-3221
REGULAMENTAÇÃO

Agepan inaugura sistema eletrônico de Ouvidoria para melhorar atendimento a usuários

13 março 2018 - 15h35

A Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos (Agepan) inaugurou um novo sistema informatizado de recebimento de solicitações dos usuários. O e-Ouvidoria é um sistema eletrônico de registro, tratamento e resposta aos pedidos de informação, reclamações e denúncias, que busca melhorar a qualidade do atendimento a quem utiliza os serviços públicos que a agência fiscaliza.

Abrange o transporte rodoviário intermunicipal de passageiros, o abastecimento de água e de esgotamento sanitário prestado pela Empresa de Saneamento Básico de Mato Grosso do Sul (Sanesul), e a distribuição de gás canalizado pela Companhia de Gás de Mato Grosso do Sul (MSGÁS). Para energia elétrica, permanece o atendimento presencial e o sistema eletrônico já utilizado, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

No primeiro acesso, o usuário faz um cadastro e recebe um login e senha, que passarão a ser utilizados toda vez que quiser consultar o andamento da solicitação ou fazer um novo pedido. Todos os detalhes necessários em cada solicitação vão ser fornecidos diretamente pelo próprio usuário, preenchendo campos facilmente indicados. “Isso torna mais rápidos os registros e os trâmites para solução das reclamações, porque a comunicação de ida e volta entre o usuário, a Agepan e o prestador de serviço é toda feita via sistema, com menos telefonemas e e-mails”, destaca a ouvidora Cristiane Leite. Todos os prestadores de serviços regulados (em geral, suas ouvidorias ou setores similares responsáveis pela tratativa de reclamações) estão obrigados a se registrar no sistema.

Praticidade

“Seguimos o mesmo conceito que vem sendo adotado nos novos sistemas para outros departamentos da Agepan: menos é mais. Com foco na redução de cliques, o sistema foi elaborado com operações menos complexas possíveis”, explica o coordenador do departamento de Tecnologia da Informação da Agência, Marcio Rigues.

A ferramenta foi desenvolvida em parceria com a Ouvidoria, para atender a real necessidade do setor e melhorar cada vez mais o atendimento prestado. “Ao focar a máxima simplicidade para o usuário, toda a burocracia necessária para o andamento dos trabalhos ficou sob responsabilidade do sistema, que cumpre também a missão de fazer a integração digital entre os atores que irão utilizar a plataforma: a população, as empresas prestadoras de serviço regulados e a própria Agência”, completa Rigues. A TI, inclusive, continuará atualizando a usabilidade do sistema, tornando a plataforma ainda mais atrativa.

Os usuários que estão acostumados a utilizar a internet não terão dificuldades ao utilizar o e-Ouvidoria. O sistema funciona em qualquer navegador em suas versões mais recentes e também nos navegadores dos dispositivos móveis (smartphones e tablets). A Ouvidoria vai orientar e auxiliar os usuários que desconhecerem o novo sistema – ou tiverem dúvidas sobre a utilização – e continuarem utilizando os canais de contato telefônico ou e-mail.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Carolina Dieckmann exibe barriga chapada em clique de biquíni
ECONOMIA
Portabilidade de crédito cresce quase 100% em 2017
INTERNACIONAL
Polícia da Índia encontra corpo de fã de Messi
APOIO
União reconhece situação de emergência no Pantanal
INTERNACIONAL
EUA dizem estar trabalhando para reunir 2.053 crianças imigrantes com suas famílias
TRÁFICO DE DROGAS
Homem tenta fuga, carro sai da pista e ele acaba preso com quase 0,5 t de droga
INTERNACIONAL
Há quase 30 anos sem notificação, poliomielite surge na Venezuela e países vizinhos estão em alerta
BRASIL
Jungmann defende distinção entre traficante e usuário de drogas
CAMPO GRANDE
Motorista de Uber fica ferido após reagir a assalto
POLÍTICA
Bolsonaro é desaprovado por 64%, afirma Ipsos

Mais Lidas

POLÍCIA
Homem é assassinado em bar em Dourados
POLÍCIA
Veículo é roubado e recuperado horas depois em Dourados
DOURADOS
Jovem é presa ao tentar entrar na PED com droga em órgão genital
TRAGÉDIA
Mulher morre e 8 ficam feridos após colisão na MS-379