Menu
Busca quarta, 14 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ACIDENTE

Adolescente de 13 anos morto em colisão matou o próprio irmão em abril

01 junho 2015 - 11h09

Morto no acidente entre uma caminhonete Toyota Hilux e um veículo GM/Celta ocorrido na madrugada do último sábado, dia 30 de maio, em Campo Grande, Rodrigo Leite Benites Duque, 13 anos, foi apreendido anteriormente por matar o irmão adotivo Rafhael Nantes do Amaral, 24 anos, em abril deste ano perto de uma casa noturna localizada na Avenida das Bandeiras, na Vila Piratininga, também na Capital. Segundo o site Campo Grande News, o garoto confessou o ato infracional e alegou legítima defesa.

Na época, o adolescente apresentou-se espontaneamente no 5ª Distrito Policial, onde o caso era investigado. Ele disse que Amaral brigou com a família, bateu no pai dele e saiu de casa com o revólver que sempre carregava como proteção. O jovem acordou com a discussão e seguiu o rapaz.

Conforme relatos do suspeito, eles se encontraram perto da boate e começaram a brigar. A vítima apontou a arma para o menor, que reagiu e a tomou. Segundo a polícia, o corpo tinha seis marcas de bala. Duque se justificou dizendo que atirou várias vezes no “calor do momento”.

Depois de matar o irmão, o adolescente fugiu em uma motocicleta. Apesar de ser conhecido pelo tráfico de drogas, segundo informações apuradas na época do homicídio, esse é o único antecedente dele.

###Fichados
Também morreu no acidente de sábado José Felipe dos Santos Fernandes, 21 anos. Ele foi atuado três vezes por receptação em 2010, preso em flagrante por tráfico de drogas em 2010, 2011 e 2013, além de ter sido flagrado dirigindo sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) em 2011.

Thiesero Luan Quevedo dos Santos, 21 anos, que dirigia o Celta no momento do acidente, segundo a polícia, furou o sinal vermelho, provocando o acidente. Ele teve alguns ferimentos, foi atendido na Santa Casa de Campo Grande e liberado.

Ele já foi flagrado sem CNH em 2010, três vezes em 2011 e uma em 2014. Também já foi preso com dinheiro falso e com arma de fogo.

Além de ter sido enquadrado como suspeito da batida, Thiesero foi autuado por uso de documento falso, visto que a habilitação que apresentou aos policiais era forjada.

Já o adolescente de 16 anos que ainda está internado em estado grave na Santa Casa, só tem um registro, por ameaça, em 2011. Segundo informações do hospital, o paciente está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

###Investigação
O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital e ainda nesta segunda-feira será encaminhado a algum dos delegados do 1ª Distrito Policial para ser apurado.

A plantonista Priscilla Anuda, responsável pelos primeiros levantamentos, ouviu algumas testemunhas. Segundo ela, uma das vítimas tinha marca no pescoço que aparentava ter sido provocada por tiro. A polícia vai investigar se ele foi baleado na boate de onde o grupo vinha ou se foi alvejado após a batida.

Pessoas que se aglomeraram no entorno dos destroços relataram à polícia que, apesar de não terem ouvido barulho de disparo, viram alguém com um revólver em um coldre no local. Outros relataram que o Celta estava sendo perseguido por outro automóvel.

O motorista da caminhonete é um comerciante de Maracaju que estava de passagem por Campo Grande. Ele prestou depoimento na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro, disse que ficou muito abalado e preferiu não dar entrevista.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SELEÇÃO
CBF divulga numeração para últimos amistosos do ano
FISCALIZAÇÃO
Ação contra comércio de pneus usados apreendeu produtos em lojas de Dourados e Campo Grande
LAVA JATO
Lula será interrogado hoje pela juíza que substitui Sérgio Moro
DOURADOS
Polícia faz ação em ‘favelinha’ em busca de criminosos
NOVEMBRO AZUL
'Papo Aberto' acontece nesta quarta-feira, na Unidade 2 da UFGD
TELEVISÃO
Masterchef Profissionais: André é eliminado e Paola cai em prantos
RIO BRILHANTE
Prefeito anuncia corte do próprio salário em 10%
LOTERIA
Mega-Sena pode pagar prêmio de R$ 33 milhões nesta quarta-feira
ENCONTRO
Azambuja e outros governadores se reúnem hoje com presidente eleito Bolsonaro
PALESTRA
Audiência será realizada em alusão ao mês da Consciência Negra

Mais Lidas

PEDRO JUAN
Advogada de narcotraficantes brasileiros morre após atentado na fronteira
PARAGUAI
Polícia paraguaia acredita que pistoleiros brasileiros mataram advogada
PEDRO JUAN CABALLERO
Vídeo mostra momento em que advogada é atingida por pistoleiros
FRONTEIRA
Advogada de Pavão e Marcelo Piloto é alvo de atentado com 14 tiros