Menu
Busca domingo, 16 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Chuvas danificaram estradas e derrubaram pontes em Tacuru

06 janeiro 2004 - 08h16

As fortes chuvas que caíram na região de Tacuru no decorrer do mês de dezembro acabaram causando grandes prejuízos, danificando estradas, derrubando pontes e dificultado a vida dos produtores rurais da região. Pelo menos duas pontes que facilitavam o acesso da população rural a cidade acabou sendo levada pelas águas. A situação mais grave foi registrada com a queda da ponte sobre o córrego “Guapei”, distante cerca de 3 quilômetros da cidade e único elo de ligação entre Tacuru e uma região com várias fazendas, muitas delas, com plantações de soja, que ficaram praticamente isoladas e os produtores, que antes teriam que andar cerca de 10 quilômetros para chegar a Tacuru agora tem que fazer uma volta de aproximadamente 100 quilômetros de distância.Outra ponte que acabou cedendo com a força das águias foi a primeira das várias pontes da estrada vicinal de acesso a Aldeia Jaguapiré, que liga a Rodovia MS 295 entre Tacuru e Iguatemi a MS 160 entre Tacuru e Sete Quedas. Com as fortes chuvas a ponte acabou cedendo e impedindo a passagem, obrigando os moradores daquela região, que é composta por pecuária e fazendas de cultivo de soja, a improvisar um desvio de aproximadamente 800 metros pela cabeceira de um banhado, que quando chove fica alagado e torna praticamente impossível trânsito de veículos, obrigando os moradores da região a fazerem uma volta que prolonga a viagem em mais de 50 quilômetros, prejudicando, também a entrada de equipamentos para manutenção da agricultura e a coleta do leite por parte dos veículos dos laticínios.Na manhã de ontem, segunda-feira, o Diretor Regional da Agesul, residência de Amambai, José Aparecido Aguiar, informou que o prefeito, Valter Guandaline entrou com pedido de liberação de recursos junto ao órgão para a recuperação de seis pontes danificadas pelas chuvas no município de Tacuru e o Fundersul já liberou recursos para a reconstrução de três delas, inclusive com dispensa de licitação por parte do Tribunal de Contas do Estado, por se tratar de obra urgente, e as empreiteiras já estão autorizadas a executar os trabalhos de reconstrução, que devem começar a qualquer momento.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASA DE LEIS
Sessões, CPI e capacitação de servidores são os destaques da semana na Alems
POLÍTICA
Alto escalão do governo terá desempenho avaliado a partir de abril
ESPORTES
Final de semana de medalhas para judô brasileiro
CUIDADOS
Com riscos a saúde humana, pragas urbanas podem ser evitadas
REGIÃO
Maconha que seria levada para o Ceará é apreendida em MS
CONTRABANDO
PRF apreende de 2 toneladas de agrotóxicos escondidos em carga de leite
SAÚDE
Cai para três número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil
CORUMBÁ
Escolas de samba realizam pré-desfile neste domingo
CAMPEÃO
Trio decide, Flamengo domina o Athletico-PR e conquista a Supercopa
DROGAS
Duas mulheres são presas por tráfico em ônibus que passava por Dourados

Mais Lidas

VILA SÃO BRÁS
Venezuelanos são flagrados consumindo maconha em bairro de Dourados
HARRISON DE FIGUEIREDO
Adolescente é detido e jovem é presa por tráfico, receptação e posse
DOURADOS
Dupla é presa por porte e posse ilegal de arma de fogo
FURTOS
Ladrões fazem “arrastão” e levam motos em Dourados