Menu
Busca terça, 25 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Cheques poderão ser compensados em tempo real

27 janeiro 2004 - 17h03

Os cheques, principalmente de valores altos, poderão ser compensados em tempo real a partir de fevereiro. A informação é do diretor-executivo da ABBC (Associação Brasileira de Bancos), Paulo Cândido de Oliveira.Segundo ele, a ABBC desenvolveu um projeto, chamado de "Cheque ON", em parceria com a empresa de tecnologia C&M Software."O sistema já foi testado e está pronto. A nossa pretensão é que ele entre em vigor em fevereiro e, na pior das hipóteses, em março", afirmou.Para a realização das compensações em tempo real, segundo Oliveira, não será preciso a aprovação do Banco Central, "que está por dentro do assunto"."A idéia é transformar o cheque em uma TED [Transferência Eletrônica Disponível, mecanismo de liquidação on-line criado pelo novo Sistema de Pagamentos Brasileiro]", disse Oliveira.De acordo com o executivo, em diversas operações o cheque ainda é o principal instrumento de pagamento, como na aquisição de um carro ou um apartamento."Você não anda na rua com R$ 20 mil no bolso, então emite um cheque, pois não há como fazer uma TED de qualquer local", afirmou.Orli Machado, diretor da C&M Software, disse que o "sistema funciona com a mesma rede de circulação de dados do SPB e sua função será coordenar o processo de liquidação de cheques, e com isso, tornar a automação bancária mais eficiente. "61% dos bancos responsáveis por emissões de cheques já aderiram ao sistema", disse.Cheques pré-datadosO projeto da ABBC, porém, não deve contemplar a maioria dos cheques emitidos no país, segundo avaliação do presidente da Abracheque, Carlos Pastor.Dados da Abracheque mostram que 72,5% das emissões são pré-datadas, o que inviabiliza a compensação em tempo real. Pastor considera também que o projeto da ABBC deve priorizar cheques de valores altos, que são minoria. De acordo com ele, 92,5% dos documentos emitidos no Brasil são de valores abaixo de R$ 1.000.O diretor da C&M Software, disse, porém, que não há limite de valor para a compensação de cheques em tempo real. A única exigência, segundo ele, é que o depositante que recebeu um pagamento em cheque seja cliente de um banco conveniado ao sistema de compensação em tempo real."O mecanismo poderá ser utilizado por empresas e pessoas físicas. Quem vai determinar se o cliente tem condições de usá-lo é o banco", afirmou Machado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SERGIPE
Caminhão com 400 kg de maconha que saiu de MS e apreendido em Brasília
DOURADOS
Menor usa pistola de ar comprimido para roubar haitiana
JUDICIÁRIO
Ministério Público quer lei para acabar com 'farra das diárias' em Caarapó
MORTE DE LANZARINI
Dourados News emite nota de pesar pela morte de ex-prefeito
BOLADA
Após acumular pela 16ª vez, Mega Sena terá o 3º maior prêmio da história
BATAGUASSU
Polícia apreende quase sete quilos de passta base de cocaína em ônibus
SAÚDE
Novo Coronavírus: Brasil atualiza critérios para doação de sangue
39 QUILOS
Militar detido com cocaína na Espanha é condenado a 6 anos de prisão
BENEFÍCIO
Programa Vale Universidade recebe inscrições no dia 3 de março
DOURADOS
Dupla em motocicleta assalta homem que caminhava pela Via Parque

Mais Lidas

CRIME
Ex-integrante de grupo de Rap é morto a tiros em Dourados
DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
POLÍCIA
Ex-prefeito de Amambai Dirceu Lanzarini é ferido a tiros em atentado