Menu
Busca quarta, 26 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Chapadão do Sul deve ter novo estádio este ano

10 janeiro 2004 - 16h56

O diretor de Esportes da cidade de Chapadão do Sul, Adejair Moraes, anunciou que o município poderá ganhar mais um estádio de futebol este ano. Segundo ele, o anteprojeto da obra, elaborado pelo engenheiro da Prefeitura, Sivory Scorsato, foi encaminhado à Fundesporte (Fundação do Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), através dos deputados estaduais Paulo Corrêa de Sérgio Assis, onde solicita recursos do FIE-MS (Fundo de Investimentos Esportivos). Conforme informações do Jovem Sul News, se necessário recursos para a construção estão dentro do orçamento da prefeitura municipal deste ano. O terreno destinado ao futuro estádio localiza-se no loteamento Parque União, em frente ao Ginásio de Esportes Carlos Archilha e terá capacidade para 7 mil torcedores sentados. A equipe da cidade de Chapadão do Sul, a 331 km de Campo Grande, é a atual campeã estadual de futebol profissional.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DO BRASIL
Águia Negra treina em São Paulo para jogo contra Ferroviária
CAMPO GRANDE
Escola da zona rural é beneficiada com o parque feito em presídio
LITERATURA
Há 75 anos, morria Mário de Andrade, um dos maiores escritores do país
ESPORTES
Ciclista de MS conquista duas medalhas em competição nacional
ESTÁGIO
Acadêmicos do Vale Universidade podem cumprir horas nos finais de semana
DOURADOS
‘Confusão’ em Carnaval na praça gera discussões sobre uso dos espaços públicos
CRIME AMBIENTAL
Homem é autuado em 12 mil por falta de conservação de solo
CRISE
Com mais 23 assassinatos, mortes no Ceará chegam a 170
'PURO ÓDIO'
Liderança do PCC em Campo Grande é morto por dupla
REGIÃO
PMA paralisa atividade em carvoaria ilegal e autua proprietária

Mais Lidas

DOURADOS
Ex-prefeito de Amambai não resiste e morre no Hospital do Coração
MULTIDÃO
Carnaval na praça central de Dourados termina em ‘confusão e sujeira’
ATENTADO
Aeronave pousa em Dourados e fica a disposição de Lanzarini
DOURADOS
Mulher tenta sair de mercado com quase R$ 700 em compras sem pagar