Menu
Busca sábado, 20 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Campanha de combate à violência contra mulher será lançada amanhã

06 dezembro 2012 - 11h51

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça, com apoio da Subsecretaria da Mulher e da Promoção da Cidadania de Mato Grosso do Sul, lança nesta sexta-feira, dia 07 de dezembro, a Campanha “Compromisso e Atitude pela Lei Maria da Penha – a Lei é mais forte”. A solenidade acontecerá às 9 horas, no auditório da Assembleia Legislativa, e faz parte da mobilização nacional dos "16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra a Mulher.

A campanha tem por objetivo mobilizar e, principalmente, sensibilizar os operadores do Direito e a sociedade em geral para a compreensão do movimento e a importância do enfrentamento à violência doméstica contra as mulheres.

A subsecretaria da Mulher, Tai Loschi, ressalta a importância da campanha para a luta pelo fim da violência contra mulher. “Esta Campanha é de fundamental importância, pois fortalece a rede de combate à violência doméstica, além de aumentar a confiança das mulheres em relação ao cumprimento da lei, o que aumenta o índice de denúncias e desta forma acaba com a sensação de impunidade” enfatiza Tai.

Simultaneamente ao lançamento da campanha, a Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS) promoverá um seminário direcionado a todos os envolvidos na área de violência doméstica contra a mulher, o que inclui magistrados, servidores, membros do Ministério Público, Defensores Públicos, Delegados, dentre outros.

O curso acontecerá na quinta-feira (6), no plenário do Tribunal de Justiça, às 19h30. A palestra que abrirá o curso será “As Origens e Estruturas da Violência de Gênero”, ministrada por Nilza Lagos, Doutora e Mestre em Ciências da Religião, especialista em História do Brasil pela PUC/MG, Especialista em Ciências da Religião pela UMESP e Chefe do Centro de Documentação Histórica do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia.

Além do lançamento da campanha, na sexta-feira (7) serão realizadas as palestras: “Políticas Públicas: Mecanismos para Defesa e Reconstrução”, com Aparecida Gonçalves, Secretária Nacional de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República, militante e ativista do Movimento de Mulheres e Movimento Feminista, especialista em Gênero e Violência contra a Mulher, no período da manhã; e “Atuação do CNJ para Aplicação da Lei Maria da Penha”, com Luciane Bortoleto, Juíza auxiliar da Comissão de Acesso à Justiça e Cidadania do CNJ, Juíza de Direito titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, no período da tarde.

Após as palestras serão realizados debates e, ao final do seminário, haverá a apresentação de propostas e discussões de temas com diversas autoridades. Participarão da abertura do evento representantes da Secretaria de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Justiça, do Colégio Permanente dos Presidentes dos Tribunais de Justiça, do Conselho Nacional de Justiça, do Conselho Nacional dos Procuradores Gerais de Justiça, do Conselho Nacional de Defensores Públicos Gerais e do Conselho Nacional do Ministério Público, parceiros em âmbito nacional.

Além de Mato Grosso do Sul a Campanha já foi lançada no Espírito Santo, Alagoas e ainda será lançada no Paraná, em 14 de dezembro. As unidades federativas escolhidas para o lançamento foram eleitas com base no Mapa da Violência – estudo produzido pelo Instituto Sangari sob a coordenação da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do Governo Federal.

Os interessados em participar do evento devem fazer a inscrição no site do Tribunal de Justiça. Confira aqui a programação completa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRIMEIRO DIGITAL NO INTERIOR
1ª Peixada acontece hoje em comemoração aos 18 anos do Dourados News
UAU
Top baiana Daiane Sodré posa completamente nua na cama
RIGOR
Proposta de indulto de Natal exclui benefício a presos por corrupção
RURAL
Plantio da safra de soja no Estado chega a 54% da área estimada
CONFUSÃO
Troca de tiros entre policiais de SP e MG deixa um morto em hospital
SAÚDE
HU de Dourados inicia segundo ciclo da Pesquisa de Satisfação dos Usuários
CAMPO GRANDE
Polícia identifica suspeito de ter matado PM atrás de frigorífico
MEIO AMBIENTE
Pesquisadores da UEMS recebem Prêmio Troféu Marco Verde 2018
TRÊS LAGOAS
Polícia impede sequestro de empresário, mata um e prende três
FUTEBOL
Ministério Público libera dois estádio e veta um para a Série B

Mais Lidas

TRAGÉDIA
Empresário retornava de Bonito e bateu de frente com carreta
DOURADOS
Mulher é presa furtando farmácia e confessa outros crimes
DOURADOS
Homem atropelado por motorista em fuga morre quase 2 meses após acidente
FRONTEIRA
Brasileiro é executado na frente de casa após receber ligação