Menu
Busca segunda, 25 de março de 2019
(67) 9860-3221

Câmara pede ao TJ/MS cassação de liminar que invalida votações

24 dezembro 2003 - 09h51

O advogado José Roberto de Carli, da Assessoria Jurídica da Câmara Municipal de Dourados, protocola daqui a pouco, no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Agravo de Instrumento solicitando a cassação de liminar que invalida decisões tomadas pelos vereadores nas três sessões extraordinárias realizadas para votar, dentre outros itens, o Código Tributário, o Plano Diretor e a permanência da Cosip. A quarta e última sessão extraordinária prevista na convocação feita pelo prefeito Laerte Tetila, começou há pouco.A defesa da Câmara anexou fotocópias de decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) sobre o tema. As súmulas  recomendam arquivamento de ações que tratem sobre o funcionamento dos legislativos. O princípio jurídico do ""Interna Corporis"" é citado várias vezes na peça jurídica de 13 páginas. (Rozembergue Marques e Eduardo Palomita) 

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Taxa do Enem será R$ 85; isenção pode ser solicitada em abril
COXIM
Cantor sertanejo morre ao bater moto de frente com caminhão
BRASIL
TRF-4 decide que Marun deixe cargo de conselheiro na Itaipu Binacional
ÁGUA E SANEAMENTO BÁSICO
Investimentos da Sanesul em Dourados chegam a R$ 243 milhões
BRASIL
Defesa de Lula pede envio do processo do triplex à Justiça Eleitoral
CAGED
MS gera 3511 vagas com carteira assinada em fevereiro
AFTOSA
Iagro alerta pecuaristas para mudanças na vacinação da etapa de maio
BRASIL
Dólar fecha em queda e volta ao patamar de R$ 3,85 com cena política no foco
RIO BRILHANTE
Veículo é apreendido sem bancos e polícia descobre que ele havia sido furtado
SAÚDE
MS tem a terceira maior incidência de casos de dengue do Brasil

Mais Lidas

TRÂNSITO
Homem morre após ser atropelado por motorista que fugiu do local do acidente
DOURADOS
Após brigar com a mulher, motorista bêbado invade e destrói oficina na Monte Alegre
RIO BRILHANTE
Homem é assassinado após matar e comer galo do vizinho
PONTA PORÃ
Homem em caminhonete é executado a tiros na região de fronteira