Menu
Busca quarta, 19 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Caixa Economica anuncia baixa de juros Para empresas

18 dezembro 2003 - 10h15

Após a última reunião do ano do Copom, que decidiu pela baixa de 1% na taxa Selic (passando para 16,5%), a Caixa Econômica Federal anunciou um novo corte em suas taxas de juros com repasse integral da redução. Dessa vez, terão mudanças os juros de produtos para Pessoa Jurídica (PJ). Fizemos diversas reduções nos últimos seis meses que contemplaram todos os nossos produtos para pessoa física e jurídica. Agora, optamos por baratear ainda mais o crédito para a produção, no sentido de contribuir para a geração de emprego e renda no país , explica o vice-presidente de Finanças da Caixa, Fernando Nogueira da Costa.Desde julho, a Caixa já baixou 13,58 pontos em média na taxa anualizada. No caso de pessoa jurídica, a Caixa já oferecia as taxas mais baixas do mercado na maior parte das suas linhas. Mas a nova redução da Selic permitiu aplicar taxas melhores no Desconto de Cheques, por exemplo, que passou de uma taxa mínima de 2,05% ao mês para 1,98%; ou no Giro Caixa Instantâneo que passou de uma taxa máxima de 2,64% ao mês para 2,57%; ou ainda aplicar uma taxa mínima de 5,64% ao mês no Cheque Especial PJ. Nogueira da Costa diz que o objetivo da CAIXA com esse novo corte é atrair mais empresas como clientes. A carteira de crédito da Caixa é composta de mais de um milhão de empresas, com um saldo total de crédito livre no valor de R$ 1,6 bilhão. Desse total, R$ 1,2 bilhão é de empréstimo para capital de giro, outros R$ 220 milhões estão no crédito rotativo e R$ 170 milhões em desconto de títulos. O spread praticado em pessoa jurídica na Caixa é metade do praticado no crédito para pessoa física.  Entre a carteira de clientes PJ, a maior parte do crédito é destinado às microempresas (62%), seguido das pequenas empresas (21%). Médias e sem fins lucrativos ficam também com uma parte (8% para cada uma). Os empréstimos são bastante pulverizados, pois cerca de 91% do crédito concedido pela CAIXA está abaixo de R$ 30 mil por tomador. A partir de hoje, as linhas de Giro Caixa instantâneo múltiplo, desconto de duplicatas, cheques e cheques eletrônicos, Giro Caixa, Capital de Giro e Cheque Especial PJ (este a partir de 1º janeiro) passam a ter novas taxas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA AMÉRICA
Pressionada após derrota, Argentina encara o Paraguai nesta quarta
RESERVA INDÍGENA
Casal é preso pelo assassinato de tio e sobrinho em Dourados
CAMPO GRANDE
Homem morre ao colidir moto na traseira de carro em rodovia
DOURADOS
Bancos, comércio, shopping; veja o abre e fecha do feriado de Corpus Christi
EDUCAÇÃO
Secretário de Educação Básica do MEC visita Escolas da Autoria em MS
FUTEBOL
Copa Feminina: Argentina e Escócia disputam vaga nas oitavas de final
NOTA FRIA
PF de MS faz operação contra contrabando em PR e São Paulo
DOURADOS
Reinaldo atende Marçal e anuncia R$ 25 milhões para recuperar ruas
UFMS
Universidade encerra inscrições para professores com salários de até R$ 19 mil
JUDICIÁRIO
Acusada de matar cunhado por motivo torpe vai a júri nesta quarta

Mais Lidas

FATALIDADE
Corpo de douradense é encontrado no rio Aquidauana
DOURADOS
Perseguição na Coronel Ponciano termina com homem preso e apreensão de mais de 700kg de maconha
PARAGUAI
Homem escapa de sequestro, mas acaba executado por pistoleiros em posto
RESERVA INDÍGENA
Dois são presos suspeitos pelas mortes de tio e sobrinho em Dourados