Menu
Busca sexta, 21 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Brigou para reatar namoro e ficou preso por assalto

04 janeiro 2004 - 09h49

Na avenida Joaquim Teixeira Alves, no Jardim Clímax em Dourados, Cláudia Denis da Silva, moradora na rua Amâncio Aquino no Jardim Independência, se encontrava em uma lanchonete no centro da cidade, quando, por volta das 04h30 em companhia de algumas amigas, resolveram ir embora. No caminho encontraram com Jonas Rodrigues de 22 anos ex-namorado de Cláudia.Jonas tentou de todas as formas reatar o namoro. A moça disse não querer voltar. Foi o suficiente para que Jonas partisse para a agressão e a confusão aumentou com Cláudia se defendendo. A polícia militar foi chamada para serenar os ânimos. Ambos foram levados para a delegacia para prestar esclarecimento. Lá, foi descoberto que Jonas tem contra si, um mandado de prisão em aberto, pela prática de assalto. Ele tentou justificar dizendo que havia sido solto através de um alvará, porém, a sua soltura foi proveniente de uma outra “bronca” não ao de assalto.Jonas acabou perdendo a namorada definitivamente e também a liberdade, já que ficou preso no 1º DP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Confira o que fecha e o que abre durante os dias de Carnaval
JARDIM GUAICURUS
Jovem resgatada foge da UPA e tenta subir em torre mais uma vez
DOURADOS
Ministro do STF nega liberdade a ex-secretário de Saúde
DOURADOS
Homem é encontrado caído em estrada com facada no pescoço
SÃO GABRIEL
Polícia apreende R$ 300 mil em mercadorias contrabandeadas do Paraguai
SAÚDE
Câmara dos Deputados aprova ultrassonografia mamária obrigatória pelo SUS
CAPITAL
Homem baleado na cabeça por major da PM morre em hospital
BRASIL
Bancos ficarão fechados durante o carnaval e só reabrem na quarta-feira de Cinzas
POLÍCIA
PMA inicia operação carnaval com enfoque na prevenção da pesca predatória
EDUCAÇÃO
Publicado edital do Prêmio Ministério do Trabalho na Escola 2020

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Polícia vai ao Guaicurus e prende condenado por pedofilia