Menu
Busca segunda, 22 de outubro de 2018
(67) 9860-3221

Zeca retorna a Brasília para cumprir agenda confidencial

31 julho 2006 - 10h28

O governador Zeca do PT deve ir a Brasília quarta-feira para série de reuniões internas e encontros fechados.  Na semana passada o governador esteve em Brasília para encaminhar questões de interesse do Estado em audiências ministeriais também em caráter reservado.Fontes palacianas, no entanto, não confirmam e nem desmentem a agenda confidencial.  Segundo as mesmas fontes, a agenda do governador nesta semana prevê apenas despachos internos.Nesta segunda-feira o governador já se reuniu com os secretários que integram o comitê da crise e deve definir o desligamento de servidores comissionados remanescentes da cota do PDT. Na reunião com o comitê, concluiu-se que o governo já superou a pior fase da crise, graças às medidas de contenção de gastos e contingenciamento do orçamento.O governador definiu a saída do PDT do governo, mas acatou a permanência do PL, que apesar de coligar com o PMDB nas eleições deste ano, não faz oposição à administração petista. Ao confirmar a permanência do PL no governo, Zeca lembrou justamente o nível de disputa e a correlação de forças. Segundo ele, não há razão de romper a aliança com o PL se o partido não disputa a Presidência, não concorre a sucessão estadual e nem tem candidato a deputado federal. Nesse sentido, até dezembro ficam no governo os secretário Mathias Gonsales, da Saúde, e Carlinhos Cantor, da Juventude, Esporte e Lazer. Quanto ao PDT, a saída do governo já foi tratada pelo governador com a direção regional do partido. Hoje o PDT tem servidores espalhados pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública, que estava com o PDT e atualmente é dirigida pelo chefe da Casa Civil, Raufi Marques, e na Secretaria da Produção e do Turismo, ocupada por Wilson Roberto Gonçalves.Para o governador Zeca, a disputa eleitoral pode se desenrolar sem prejuízo à base de sustentação política do governo na Assembléia Legislativa. O apoio na Assembléia Legislativa foi reafirmado pelo presidente da Casa, deputado Londres Machado, que também dirige o PL. “Fizemos uma aliança de apoio ao governo e ela termina em 31 de dezembro”, disse. Segundo Londres, o apoio na Assembléia será dado em forma de votação em projetos de interesse do governo. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

TJMS
Envenenamento de agentes penitenciários está pautado para júri
BRASIL
Mais de 1 milhão de candidatos já consultaram o local de prova do Enem
RECOMENDAÇÃO
MP quer Câmara suspendendo tramitação de projeto de saneamento básico em Dourados
CONCURSO
Começa hoje segunda turma do Curso de Formação de Agentes Penitenciários
CAMPO GRANDE
MPF convoca audiência pública para debater PL dos agrotóxicos
DOURADOS
IX Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente acontece na quarta e quinta
DOURADOS
Homem é preso por atividade clandestina de telecomunicação
BASQUETE
Título da conferencia Sul fica com equipe de Ponta Porã
CRIME AMBIENTAL
Incêndio em vegetação nativa rende multa de R$ 7 mil a infrator
BRASIL
Diferença salarial entre homens e mulheres diminuiu de 2016 para 2017

Mais Lidas

OPERAÇÃO SATURAÇÃO
Megaoperação cumpre dezenas de mandados de prisão em Dourados
RIO BRILHANTE
Caminhonete invade pista, bate em motocicleta e mata casal
CANAÃ
Órgãos de segurança fecham festa organizada através do WhatsApp
DOURADOS
Dupla é presa suspeita de pelo menos 30 furtos em comércios