Menu
Busca domingo, 16 de junho de 2019
(67) 9860-3221
NOVA ROTA

Voo que fez captação de órgãos em Dourados iniciou novas rotas aéreas

13 outubro 2017 - 07h20Por Agência Brasil

As novas rotas no espaço aéreo brasileiro entraram em vigor a partir desta quinta-feira, dia 12 de outubro, com a implementação da chamada Navegação Baseada em Performance (PBN – Performance Based Navigation) realizada pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea). A medida permitirá a redução do tempo de voo no país e impactará em cerca de 300 mil voos por ano.

Com a redução dos tempos de viagem, as aeronaves diminuem o consumo de combustível e, consequentemente, os custos de voo.

De acordo com os cálculos do Subdepartamento de Operações do Decea, a redistribuição dessas estradas do céu reduzirá o consumo de combustível das aeronaves em 2 mil toneladas por ano. Com isso, o correspondente a cerca de 6.500 toneladas de gás carbônico deixarão de ser despachados no céu.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), o primeiro voo beneficiado com a mudança realizou uma coleta de órgãos para transplante e decolou de Dourados para Guarulhos, em São Paulo. Com as novas rotas, foi possível diminuir em 15 minutos o tempo de voo.

Cartas aeronáuticas

Ao todo, a redistribuição das rotas vai alcançar cerca de 1,8 milhão de Km2 de espaço aéreo brasileiro. Segundo a FAB, com a redução dos tempos de viagem, as aeronaves diminuem o consumo de combustível e, consequentemente, os custos de voo.

Para permitir as novas rotas foram confeccionadas mais de 300 novas Cartas Aeronáuticas (mapas aéreos), que revelam os traçados dos novos caminhos. Segundo a FAB, com as novas rotas foi possível diminui 1430 Milhas, o equivalente a 2.650 Km, em trajetórias de voo na região. A distância corresponde a um voo entre o Rio de Janeiro e Macapá.

Gerente do projeto, o chefe da Divisão de Operações do Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA), major Eduardo Sardella da Silva, afirma que a fluidez entre os terminais aéreos também será aprimorada ao viabilizar, “além dos encurtamentos de trajetórias, acessibilidade a localidades anteriormente não contempladas e a possibilidade de expansão de operações sem exigência de grandes alterações”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INSTAGRAM
Namoro entre sertanejos Fernando e Maiara termina e fãs especulam motivos
CAPITAL
Denúncia leva PM até casa onde traficantes escondiam 850 quilos de maconha
CAMPO GRANDE
Homem é agredido pela ex-mulher após recusar reatar relacionamento
POLÍCIA
Casal contrato para levar maconha até Campo Grande é preso em Dourados
PALESTRA
SAD integra atividades da Semana Nacional dos Arquivos
POLÍCIA
Após cinco mortes em uma semana, órgãos realizam operação na reserva indígena de Dourados
POLÍCIA
Paranaense é preso com droga na rodoviária de Dourados
POLÍTICA
Bolsonaro anuncia que Brasil foi aceito como aliado extra-Otan
CAPITAL
Motorista perde controle em curva, atravessa pista e capota na MS-080
DOURADOS
Homem assalta mercado e leva R$ 200 no residencial Monte Carlo

Mais Lidas

POLÊMICA
Dono da Havan manda “recado” a manifestantes após protesto em frente a loja de Dourados
DOURADOS
Jovem é preso com arma de fogo após disparar e errar tiros contra desafeto da mãe
CARUMBÉ
Morto em colisão frontal contra caminhão tinha 58 anos
DOURADOS
Polícia suspeita que grupo tenha assassinado tio e sobrinho na aldeia