Menu
Busca terça, 18 de setembro de 2018
(67) 9860-3221

Trabalhadores e empregadores devem ficar atentos a novas determinações do TST

25 maio 2011 - 06h04

#####Agência Brasiil

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou ontem (24) mais de 20 entendimentos ligados às relações de trabalho. Os tribunais e juízes do Trabalho não são obrigados a seguir automaticamente os novos posicionamentos, mas se fizerem isso, evitarão que as decisões sejam reformadas em última instância e darão agilidade ao julgamento dos casos.

A aprovação das medidas também é benéfica para trabalhadores e empregadores, que poderão saber de antemão como determinadas situações serão percebidas pela última instância. Assim, as partes poderão poupar tempo e dinheiro que investiriam levando o processo até as últimas consequências.

Segundo o presidente do TST, João Oreste Dalazen, vários fatores motivaram a revisão da jurisprudência do tribunal. Um deles é a mudança nas leis, que obriga uma reforma automática do entendimento do tribunal para se adequar a elas. Outro fator é a modernização da sociedade "Há um fenômeno muito comum de a economia, a sociedade, avançar, modernizar-se, e a lei não acompanhar. E nós precisamos, diante da lei, ainda que anacrônica, dar uma resposta à sociedade".

Confira no quadro abaixo as principais questões consolidadas pelo TST:

COMO ERA E COMO FICOU

Operadores de telemarketing tinham jornada de oito horas diárias


Operadores de telemarketing têm jornada de seis horas diárias

Trabalhador tem que provar que precisa do vale-transporte para receber o benefício


A empresa tem que provar que o trabalhador não precisa do vale-transporte se não quiser pagar o benefício

Trabalhador que levava celular da empresa para casa podia receber pagamento extra por regime de sobreaviso


Trabalhador que leva celular da empresa para casa não tem direito automático a pagamento por sobreaviso e precisa provar que estava à disposição da empresa

Alteração de jornada de trabalho insalubre podia ser acordada entre empregador e trabalhador


Alteração de jornada de trabalho insalubre precisa passar por perícia do Ministério do Trabalho

Ente público era obrigado a arcar com débitos de empresa de terceirização de serviço que deixasse de cumprir compromissos trabalhistas


Ente público só é responsabilizado por falhas trabalhistas cometidas por empresa contratada para terceirização de serviço se ficar comprovado que houve negligência culposa do contratante

O dissídio coletivo (decisão judicial para pacificar conflito entre empregador e trabalhador) durava um ano


O dissídio coletivo pode durar até quatro anos se não houver lei ou outro acordo que altere as bases da decisão judicial

Cada sindicato pode ter sete dirigentes que não podem ser demitidos enquanto durar o mandato.


Número de dirigentes de sindicato com direito a estabilidade passa para 14 com o acréscimo de sete suplentes

Tempo de locomoção do empregado da portaria da empresa até o local de trabalho que superar 10 minutos, em condução fornecida pelo empregador, vale como jornada de trabalho em algumas empresas


Tempo de locomoção do empregado da portaria da empresa até o local de trabalho que superar 10 minutos, em condução fornecida pelo empregador, vale como jornada de trabalho em todas as empresas

TST não fazia audiências públicas para ouvir representantes da sociedade em temas polêmicos


Assim como o STF, o TST passa a fazer audiências públicas para ouvir sociedade em temas polêmicos

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSOS
Bruna Linzmeyer curte praia com suas amigas enquanto se prepara para novo papel
DEVER CUMPRIDO
Guarda Municipal aposenta mulher da 1ª da Corporação em Dourados
LEI DA FICHA LIMPA
Ministério Público questiona 278 candidatos condenados por órgão colegiado
BR-267
Polícia encontra mais de meia tonelada de maconha em carro com placas de Dourados
ANÚNCIOS ONLINE
Candidatos destinam 1,6% dos gastos da eleição de 2018 para mídia virtual
JARDIM
Jogos da Melhor Idade reúnem mais de 400 atletas em Jardim nesta quarta-feira
DIREITOS DO TRABALHADOR
Com ameaça de greve, frentistas de MS conquistam piso salarial de R$ 1.190,95
DIREITOS DO CONSUMIDOR
Encontro Estadual tem confirmada a presença de 18 unidades do Procon em Dourados
CAMPO GRANDE
Omep e Seleta terão que devolver R$ 74 milhões aos cofres municipais
DOURADOS
Câmara solicita melhorias na infraestrutura e trânsito do município

Mais Lidas

DOURADOS
Homem encontrado na Marcelino morreu de causas naturais
FLAGRANTE
Mãe é presa na frente da filha traficando cocaína
DOURADOS
Corpo é encontrado na Marcelino Pires
DOURADOS
Morador flagra ladrão e aciona a polícia que consegue prende-lo