Menu
Busca domingo, 18 de novembro de 2018
(67) 9860-3221
ENSINO SUPERIOR

Termina hoje prazo para matrícula no Sisu de meio do ano

23 junho 2015 - 07h08

Os candidatos que foram aprovados nos cursos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) devem fazer a matrícula na instituição correspondente até esta terça-feira, dia 23 de junho, último dia do prazo. O estudante deve acompanhar pela instituição de ensino em que foi aprovado o local, horário e documentos necessários para a matrícula.

A greve de funcionários que, desde maio, atinge 48 das 63 universidades federais afetou o sistema de matrículas para aprovados no Sisuem algumas instituições. Na sexta-feira (19), a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) anunciaram que fariam pré-matriculas online para os aprovados no Sisu, já que os funcionários em greve interromperam o serviço. Há universidades, porém, em que o processo caminha normalmente. Em outras, a matrícula foi suspensa por tempo indeterminado, como é o caso da Federal de Juiz de Fora (UFJF).

Segundo o calendário original do Sisu, a edição do segundo semestre terá apenas uma chamada, e os candidatos aprovados precisam garantir a matrícula na própria instituição onde foi selecionado até esta terça-feira (23).

No total, há 55.571 vagas em 72 instituições públicas de ensino superior, e pelo menos 1.095.050 candidatos se inscreveram para o processo seletivo.

A lista de aprovados está disponível no site do processo seletivo: sisu.mec.gov.br.

O Sisu usa como critério de seleção a nota do candidato no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2014. O candidato pode consultar seu desempenho inserindo o número de inscrição do Enem e a senha de inscrição.

###O que é o Sisu?
O Sisu é um sistema de processo seletivo, criado em 2009 pelo MEC, que usa as notas do Enem para selecionar estudantes para cursos de graduação de universidades federais e institutos tecnológicos de ensino superior.

###Qual o percentual da reserva de vagas para a Lei de Cotas?
Todas as universidades que participam do Sisu reservaram, pelo menos, 37,5% das vagas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas. Até 2016, as instituições deverão atingir o percentual de 50% de vagas reservadas.

É preciso ter uma nota mínima no Enem para participar do Sisu?
Sim, por dois aspectos. Primeiro, será vetada a participação de candidatos que tenham zerado a redação. Em segundo lugar, o MEC esclarece que algumas instituições adotam notas mínimas para inscrição em determinados cursos. Nesses casos, o próprio sistema vai alertar o candidato durante o processo de inscrição.

###Existe lista de espera no Sisu?
Os candidatos que não foram selecionados em nenhuma das suas opções de curso na chamada regular ou os candidatos que foram aprovados em sua segunda opção poderão participar da lista de espera. Estes estudantes deverão acessar o seu boletim, na página do Sisu, e manifestar interesse. Posteriormente, as universidades terão novo prazo para informar as vagas disponíveis em seus próprios sites.

A participação na lista de espera só poderá ser feita na primeira opção de vaga do candidato. A convocação dos candidatos nesta "segunda chamada" é realizada diretamente por cada uma das instituições de ensino superior participantes do Sisu. Por isso, o candidato deverá acompanhar junto à própria universidade o andamento da lista de espera.

###Documentos necessários
Para se inscrever no Sisu, o candidato precisará apenas do número de inscrição e senha cadastrados no Enem. Em caso de aprovação, os estudantes devem ficar atentos à documentação exigida pela universidade para a matrícula. Esta informação estará disponível no sistema, no momento de sua inscrição.

###Sisu e Prouni: qual diferença?
O Sisu é a sigla para Sistema de Seleção Unificada. Através dele, instituições públicas - sem cobrança de mensalidade - selecionam alunos tendo como critério a nota do candidato no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

O Enem também é usado em outras ações do MEC, como o Ciência sem Fronteiras, o Fies e o Programa Universidade para Todos (Prouni). O Prouni concede bolsas de estudos integrais ou parciais em universidades privadas. O foco são estudantes que saíram de escolas públicas e de baixa renda.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Comissão sobre Escola sem Partido faz nova tentativa de votar relatório
POLÍTICA
Em encontro com Maia e Bolsonaro, governadores defendem votação de projetos para enfrentar crise
ECONOMIA
União já pagou este ano R$ 3,5 bi em dívidas atrasadas dos estados
TRÊS LAGOAS
Homem cai em golpe ao tentar comprar carro na internet
MATO GROSSO DO SUL
Edital para inserção de jovens no mercado de trabalho está aberto até dezembro
Processo visa a seleção de entidades que possam atuar, em parceria com a SED, no acompanhamento de estudantes, matriculados no ensino médio, para a atuação profissional.
TV
Samantha Schmütz celebra papel dramático em 'Carcereiros': 'Porta para o público me ver de uma maneira diferente'
CAPITAL
Motorista sem CNH fura sinal, foge da polícia e acaba preso dentro de casa
BRASIL
Defensoria Pública pede à Justiça manutenção de regras do Mais Médicos
FAMOSA
Susana Vieira abre o jogo sobre luta contra a leucemia: “Perguntei ao médico quando vou morrer”
CAPITAL
Mais de 20 acidentes foram registrados nesta madrugada em Campo Grande

Mais Lidas

DOURADOS
Bandido armado faz arrastão do Flórida ao Centro durante a noite
DOURADOS
Dupla desobedece ordem de parada, é perseguida e acaba presa em flagrante por porte de arma
CAMPO GRANDE
Homem se joga do 9° andar de hotel luxuoso na Capital
NOVA ALVORADA DO SUL
Acidente entre dois veículos termina com dois feridos e BR-163 interditada