Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Televisão divulga seqüestro de brasileiro no Iraque

23 janeiro 2005 - 08h00

O canal de televisão árabe Al-jazeera divulgou neste sábado um vídeo de um grupo que assume a autoria do seqüestro do engenheiro brasileiro, que desapareceu há três dias, após uma emboscada no norte do Iraque. O Ministério de Relações Exteriores informou que tem conhecimento das notícias e que está apurando o caso.Em comunicado do Itamaraty, o ministro Celso Amorim determinou que as embaixadas e representações brasileiras próximas ao Iraque fossem mobilizadas, a fim de analisar todas as informações relevantes para o caso. "O Itamaraty mantém-se em estreito contato com a empresa Norberto Odebrecht, com vistas a buscar o melhor curso de ação para a liberação do cidadão brasileiro", afirma a nota.A fita exibida pela TV Al-jazeera não mostrou o refém, mas um cartão de identificação com o seu nome: João José Vasconcelos, 55. Os seqüestradores disseram que a emboscada aconteceu em meio a um ataque do grupo Al-Mujahideen em parceria com o radical Ansar al Sunna, ligado à rede terrorista Al Qaeda, de Osama Bin Laden. O comunicado dizia ainda que um britânico e um brasileiro de uma firma americana haviam sido assassinados.O brasileiro desaparecido trabalha para a Construtora Norberto Odebrecht e estava baseado em uma estação de energia. Nessa quinta-feira (20), a construtora divulgou comunicado oficial em que classificou o desaparecimento do empregado como um "provável seqüestro". O brasileiro estaria em um carro que foi alvo de ataque na manhã do último dia 19 perto da cidade iraquiana de Baiji, onde a empresa participa da reforma de uma termelétrica.Nesta sexta-feira, o Ministério das Relações Exteriores negou que esteja agindo com omissão no caso do brasileiro desaparecido no Iraque. Segundo a assessoria, o Itamaraty "rebate enfaticamente qualquer omissão no caso", que vem acompanhando desde o início, em estreita coordenação com a empresa Odebrecht. O Itamaraty confirmou nesta sexta-feira que a construtora pediu para cuidar sozinha das investigações "num primeiro momento".

Deixe seu Comentário

Leia Também

IGUATEMI
Conduta de cabo que matou sogro a tiros em fazenda será investigada
AEDES AEGYPTI
Paraguai decreta situação de emergência por conta da dengue
CAPITAL
Mulher desaparece após dizer que iria fazer tratamento em hospital
BRASIL
BC lança sistema que promete transferir dinheiro em até 10 segundos
CAMPO GRANDE
Após ser diagnosticada com doença rara, menina de 5 anos morre em hospital
REGIÃO
Procon aciona MPE para combater abusos na venda de combustíveis
JUSTIÇA
Réu por assassinato, filho foi escondido pela mãe o tempo todo
BRASIL
CGU vai fiscalizar os municípios de Caracol e Miranda em 2020
CRISE
Força Nacional será enviada ao Ceará após motim e tiros contra Cid Gomes
OPORTUNIDADE
Hospital Regional abre edital para processo seletivo com 27 vagas para profissionais da saúde

Mais Lidas

APÓS 9 ANOS
Hipermercado fecha as portas em Dourados no final do mês
DOURADOS
Policial aposentado mata homem e diz ter sido ameaçado com faca
VIOLÊNCIA
Homem é assassinado em frente a padaria em Dourados
DOURADOS
Júri termina com réu condenado a 15 anos por matar desafeto em 2018