Menu
Busca sexta, 06 de dezembro de 2019
(67) 9860-3221

Suspeito confessa ter matado padre para não ser estuprado

19 maio 2011 - 17h03

Suspeito de matar um padre há uma semana em Brochier, no interior do Rio Grande do Sul, Everton Carvalho de Aguiar, 28 anos, confessou o crime nesta quinta-feira. Em depoimento à polícia no início da tarde, ele afirmou ter assassinado Jacinto Allebrandt, 57 anos, por não querer manter relações sexuais com o religioso. Aguiar está preso temporariamente na Penitenciária Modulada de Montenegro.

De acordo com o preso, esta foi a segunda vez que ele ia até o sítio em que vivia o padre. "Ele alega que ia até o local para realizar pequenos trabalhos. Da primeira vez em que esteve na chácara, ele disse que notou que a vítima se insinuava, mas nada aconteceu. Agora, no entanto, o padre teria sido mais incisivo", afirmou o delegado regional.

Em seguida, vítima e suspeito teriam entrado em luta corporal. "Ele afirma não lembrar muito bem, mas acredita que usou um lençol para asfixiar a vítima. As lesões no rosto, que até pensamos terem causado a morte, teriam sido causadas quando o corpo foi arrastado para fora", disse o delegado. O corpo do padre foi encontrado a menos de 10 metros da casa, coberto com galhos e serragem.

Everton afirmou ainda que não matou para roubar. O notebook retirado da casa do padre teria sido um presente. "Ele lembrou que havia outro notebook que não foi levado e o carro do padre, no qual ele fugiu, foi abandonado com as chaves dentro". O suspeito foi preso na tarde de ontem enquanto caminhava em uma rua de Caxias do Sul, na serra gaúcha.

###Padre foi afastado de atividades religiosas
Jacinto Allebrandt foi ordenado padre em 1986. No final do ano passado, ele foi afastado de suas atividades. No entanto, os motivos não foram esclarecidos pela Diocese de Montenegro, a qual estava ligado.

Após o afastamento, chegou a ser recomendado ao padre que ele realizasse um tratamento psiquiátrico. Em nota, o bispo Dom Paulo Antonio De Conto manifestou "seu profundo pesar pela trágica morte do padre", e afirmou que confia "na Justiça e aguarda os resultados das investigações".

Deixe seu Comentário

Leia Também

COTAÇÃO
Dólar fecha semana em queda seguindo cenário externo
MINISTÉRIO DO TRABALHO
Usina em MS vai investir em projetos sociais para compensar irregularidades
BRASIL
Receita apreende 95 kg de cabelo humano e sintético em aeroporto
MÚSICA
Rock Solidário acontece hoje em Dourados com a participação de artistas locais
MATO GROSSO DO SUL
Modelo em gestão, turismo de MS ganha dois prêmios nacionais
CORUMBÁ
Mulher é resgatada de helicóptero após ser atacada por búfalos
EDUCAÇÃO
Resultado do Encceja já pode ser consultado no site do Inep
FESTIVAL JATOBÁ
Festival em meio a 'reserva natural' dentro de Dourados terá nomes da música local
DOURADOS
Matrículas na Rede Municipal de Ensino começam na segunda-feira
BRASIL
Pesquisa revela crescimento de 74% dos alunos de pós-graduação no país

Mais Lidas

POLÍCIA
Morto em ação policial no MS era afamado como líder do novo cangaço
FRONTEIRA
Quatro assaltantes de carro-forte são mortos em confronto com a polícia
DOURADOS
Júri condena a 64 anos de prisão cinco réus por atentado contra empresário
PIONEIRO
Conhecido por entregar leite na região do Água Boa, Bruno de Brum morre em Dourados