Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221
SAÚDE

SUS vai distribuir insulina mais moderna a crianças e adolescentes

12 outubro 2017 - 08h13Por Agência Brasil

A partir do começo de 2018, unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) distribuirão doses de insulina análoga, um medicamento mais moderno e de efeito mais rápido, a 100 mil crianças com diabetes mellitus do tipo 1. A substância será armazenada em uma embalagem em formato de caneta, o que deverá facilitar o manuseio durante a aplicação, o reúso do recipiente e seu transporte. O anúncio foi feito hoje (11) pelo governo federal.

Em um primeiro ciclo, o medicamento será fornecido a crianças e jovens entre 10 e 14 anos, faixa etária em que a doença se manifesta de maneira mais intensa e necessita de uma resposta corpórea mais imediata. Se não tratada, a diabetes mellitus do tipo 1 pode causar danos irreversíveis ao sistema neurológico e dificuldade de aprendizagem. Os pacientes poderão obter o medicamento em postos de saúde e unidades da Farmácia Popular.

“Será um grande conforto para essas crianças e uma segurança, à medida que elas tenham a condição de se adaptar melhor”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Ação mais rápida

Segundo o ministério, a insulina análoga apresenta diversas vantagens em relação às versões mais comumente utilizadas. Ao contrário da insulina regular (que tem estrutura idêntica à insulina humana) e da NPH (mistura de protamina e zinco), que devem ser aplicadas entre 30 e 45 minutos antes do início das refeições e ao dormir, a insulina análoga deve ser injetada imediatamente antes das refeições, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

A ação no organismo leva apenas de 10 a 15 minutos, muito menos que os outros dois tipos, que agem a partir de 30 minutos, no caso da regular, e de uma a três horas, quando usada a NPH.

O governo investiu R$ 135 milhões na compra de 8 milhões de unidades do novo insumo. A próxima etapa, ainda sem data definida, é estender a distribuição da insulina análoga a adultos.

O grupo com prioridade na fila da distribuição corresponde a 1% do total de crianças brasileiras com a doença, que é de 1 milhão. De acordo com a SBD, a cada ano, no mundo, 440 mil crianças desenvolvem o diabetes. Hoje, de acordo com a Vigitel 2016, uma sondagem que acompanha doenças crônicas no país, o diabetes cresceu 8,9% entre a população adulta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OUVIDORIA
TRE-MS implanta novo sistema para registrar reclamações
PROPOSTA
Projeto quer tornar terrenos baldios em hortas em Dourados
EXECUÇÃO
Homem considerado "braço direito" de Liko'i foi morto com 11 tiros
SAÚDE
Quanto tempo é normal ficar sem ir ao banheiro? Especialista explica
FRONTEIRA
Corpo em decomposição é encontrado em fazenda
REPERCUSSÃO
PDT suspende deputados que votaram a favor da reforma da Previdência
MODA E CIA
10 looks para você colocar a calça jeans para jogo no trabalho
ESPORTE
Time de futebol americano seleciona novos jogadores em Dourados
ARQUITETURA
Mesa de estudo para quarto: como escolher, dicas e fotos
BR-463
Paranaense é preso com cocaína escondida em fundo falso de veículo

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro