Menu
Busca quinta, 17 de janeiro de 2019
(67) 9860-3221
SAÚDE

SUS vai distribuir insulina mais moderna a crianças e adolescentes

12 outubro 2017 - 08h13Por Agência Brasil

A partir do começo de 2018, unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) distribuirão doses de insulina análoga, um medicamento mais moderno e de efeito mais rápido, a 100 mil crianças com diabetes mellitus do tipo 1. A substância será armazenada em uma embalagem em formato de caneta, o que deverá facilitar o manuseio durante a aplicação, o reúso do recipiente e seu transporte. O anúncio foi feito hoje (11) pelo governo federal.

Em um primeiro ciclo, o medicamento será fornecido a crianças e jovens entre 10 e 14 anos, faixa etária em que a doença se manifesta de maneira mais intensa e necessita de uma resposta corpórea mais imediata. Se não tratada, a diabetes mellitus do tipo 1 pode causar danos irreversíveis ao sistema neurológico e dificuldade de aprendizagem. Os pacientes poderão obter o medicamento em postos de saúde e unidades da Farmácia Popular.

“Será um grande conforto para essas crianças e uma segurança, à medida que elas tenham a condição de se adaptar melhor”, disse o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Ação mais rápida

Segundo o ministério, a insulina análoga apresenta diversas vantagens em relação às versões mais comumente utilizadas. Ao contrário da insulina regular (que tem estrutura idêntica à insulina humana) e da NPH (mistura de protamina e zinco), que devem ser aplicadas entre 30 e 45 minutos antes do início das refeições e ao dormir, a insulina análoga deve ser injetada imediatamente antes das refeições, segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

A ação no organismo leva apenas de 10 a 15 minutos, muito menos que os outros dois tipos, que agem a partir de 30 minutos, no caso da regular, e de uma a três horas, quando usada a NPH.

O governo investiu R$ 135 milhões na compra de 8 milhões de unidades do novo insumo. A próxima etapa, ainda sem data definida, é estender a distribuição da insulina análoga a adultos.

O grupo com prioridade na fila da distribuição corresponde a 1% do total de crianças brasileiras com a doença, que é de 1 milhão. De acordo com a SBD, a cada ano, no mundo, 440 mil crianças desenvolvem o diabetes. Hoje, de acordo com a Vigitel 2016, uma sondagem que acompanha doenças crônicas no país, o diabetes cresceu 8,9% entre a população adulta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

UAU
Mariana Rios posa sensual e surpreende com biquíni ousado: "que susto"
POLÍTICA
Moka confirma aposentadoria, mas diz que benefício será de R$ 8 mil
RIO BRILHANTE
Motorista fica ferido ao perder controle de veículo e parar em valeta
CALOR
Demanda por energia elétrica atingiu novo recorde nesta quarta-feira
CAARAPÓ
Homem simula sequestro para enganar mãe e acaba preso
JUSTIÇA
TJ/MS extingue Câmara e institui juiz substituto em 2º Grau
ATAQUES
Policiais encontram 700 kg de explosivos em apartamento de Fortaleza
NOVA ANDRADINA
Polícia apreende dois veículos com produtos eletrônicos na MS-141
STJ
Ex-presidente do Naviraiense é condenado por desviar R$ 247 mil
CRIME BÁRBARO
Mãe de santo acusada de homicídio em MS será julgada nesta quinta-feira

Mais Lidas

DOURADOS
Rapaz assassinado em emboscada foi preso por tentativa de furto a caixa eletrônico
NOVA LEI
Multa mínima para quem capturar Dourado na próxima temporada de pesca será de R$ 2,7 mil
INQUÉRITO CIVIL
Denúncia leva MP investigar recursos destinados à Saúde de Dourados
DOURADOS
Seis são apontados por participação em emboscada que matou interno do Semiaberto