Menu
Busca quinta, 20 de junho de 2019
(67) 9860-3221

Supremo deve julgar Emenda do Calote em junho

30 maio 2011 - 14h42

O ministro Ayres Britto, do Supremo Tribunal Federal, irá finalizar seu voto sobre a chamada Emenda do Calote dos Precatórios nos próximos dias. O ministro espera que o Supremo consiga julgar ainda em junho a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4.357) proposta pela Ordem dos Advogados do Brasil contra a emenda. Ele é o relator da ação.

A OAB contesta a Emenda Constitucional 62/09, que criou um regime especial para pagamento dos débitos judiciais da União, Distrito Federal, estados e municípios. Pelo novo rito, as dívidas decorrentes de decisões judiciais podem ser pagas em até 15 anos. A estimativa é que haja estoque de R$ 100 bilhões em precatórios a serem pagos pela União, estados e municípios.

A Emenda 62 também fixa limites mínimos da receita corrente líquida dos estados e municípios para serem gastos com precatórios. Os municípios têm que destinar entre 1% e 1,5% de suas receitas para quitar os débitos. Para os estados, o limite é de 1,5% a 2%, corrigidos pelos índices da caderneta de poupança.

De acordo com as regras, a quitação dos precatórios alimentares e de menor valor tem prioridade sobre os demais. A emenda também fixa que 50% dos recursos dos precatórios serão usados para o pagamento por ordem cronológica e à vista. A outra metade da dívida deverá ser quitada por meio de leilões, onde o credor que conceder o maior desconto sobre o total da dívida que tem a receber terá seu crédito quitado primeiro. Esse é um dos pontos mais atacados por advogados.

“Essa proposta revela-se como o maior atentado à cidadania já visto na história brasileira, pois só objetiva permitir que maus governantes dêem mais calote em seus credores”, argumenta a OAB na ação.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FAMOSA
Solteira, Fernanda Paes Leme desabafa: “Está difícil se apaixonar”
DOURADOS
Mulher tem bolsa e bicicleta levadas em assalto no Jardim Água Boa
DOURADOS
Entretenimento e Tecnologia alinhados foi conceito de criação de um dos ambientes mais visitados da Unigran Decor
CAMPO GRANDE
Defesa quer anular julgamento de PRF condenado por matar empresário
DOIS IRMÃOS DO BURITI
Advogado de preso em sumiço de cocaína é flagrado com carro roubado na BR-262
BRASIL
Justiça Federal em SP condena filhos de Paulo Maluf por lavagem de dinheiro
Os filhos Flávio, Ligia e Lina Maluf foram condenados e podem recorrer em liberdade. Defesa diz que vai recorrer.
DOURADOS
Dono de conveniência é preso após vender bebida para adolescentes de 12 e 13 anos em Dourados
NOVA ANDRADINA
Carro capota e condutor tem ferimentos leves na MS-134
DOURADOS
“Me passa a bolsa”: mulher é vítima de assalto ao sair de danceteria no Centro
DOURADOS
Cerca de mil pessoas participam da confecção do tapete de Corpus Christi em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescente é atropelado, sofre traumatismo e corre risco de morte
RESERVA INDÍGENA
Casal é preso pelo assassinato de tio e sobrinho em Dourados
OPORTUNIDADE
Exército abre inscrições para temporários em MS, MT e GO
DOURADOS
Polícia fecha 'boca' e prende três por tráfico no Jardim Pantanal