Menu
Busca Quinta, 19 de Outubro de 2017
(67) 9860-3221
Maximos
POLÍTICA

Supremo decide que parlamentares não podem ser afastados sem aval do Congresso

12 Outubro 2017 - 07h15Por Da Redação

Em um julgamento polêmico, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu nesta quarta-feira, dia 11 de outubro, por 6 votos a 5 que a Corte não pode afastar deputados e senadores sem o aval do Congresso Nacional. O voto decisivo foi dado pela presidente do STF, Cármen Lúcia.
 
A decisão beneficia diretamente o senador Aécio Neves (PSDB-MG) que afastado do exercício do mandato no fim de setembro, pela Primeira Turma do STF.

Ao todo, foram mais de 12 horas de julgamento. Votaram pela possibilidade de afastamento sem autorização do Congresso Nacional, os ministros Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux e Celso de Mello. O voto divergente, pela necessidade de aval do Legislativo, foi dado por Alexandre de Moraes, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Marco Aurélio e a presidente, Cármen Lúcia.

 A ação direta de inconstitucionalidade 5526, julgada nesta quarta-feira foi protocolada por três partidos políticos, PP, PSC e Solidariedade. A ação foi feita em 2016, depois que o Supremo afastou o ex-deputado Eduardo Cunha do mandato.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

FLORESTINHA
Mais de 500 mudas nativas são plantadas para recuperação de 23 hectares de área
CAPITAL
Mãe e filhos são presos com maconha e skunk em casa
CAMPANHA
Campanha Compartilhe o Natal reúne parceiros e espera arrecadar 10 mil brinquedos
TRIBUNAL
Negado recurso sobre apólice de incêndio ocorrido em 2012
COTAÇÃO
Dólar fecha em alta sobre o real, em mais um dia de cautela
BRASIL
STJ manda soltar Carlos Arthur Nuzman, ex-presidente do COB
DOURADOS
Délia recebe relatório de auditoria na Educação e diz que terá mais respaldo para medidas severas
FEDERAL
Inscrições para o Vestibular da UFGD encerram amanhã
ABASTECIMENTO
Falta de energia deixa distritos de Dourados sem distribuição de água
BRASIL
Governo autoriza criação de 1,9 mil novas vagas de trabalho em universidades federais

Mais Lidas

BATAYPORÃ
Carta deixada por pai que matou filha não tem relação com o crime
VENTO E TERRA
Ventos e ‘tempestade de terra’ deixa douradenses em estado de atenção
ESTRELA PORÃ
Pai é suspeito de ter estuprado a filha em Dourados
DOURADOS
Juiz manda prefeitura exonerar temporários e convocar aprovados em concurso