Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99659-5905
PRESO

STJ mantém transferência de Sérgio Cabral para Campo Grande

27 outubro 2017 - 14h35Por Agência Brasil

A ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Maria Thereza de Assis Moura negou hoje (27) liminar para anular a transferência do ex-governador Sérgio Cabral para o presídio federal em Campo Grande. O mesmo pedido já havia sido rejeitado pela Justiça do Rio de Janeiro.

A transferência foi determinada na segunda-feira (23) pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal. Cabral está preso desde novembro do ano passado no Rio em função das investigações das Operação Lava Jato no estado.

A ida para o presídio federal foi determinada por Bretas depois que, em depoimento, Cabral demonstrou ter informações sobre a família do juiz. O ex-governador disse saber que a família de Bretas tem negócios com bijuterias e seria a empresa mais importante do ramo no estado.

A declaração foi interpretada pelo juiz e pelo Ministério Público Federal (MPF) como uma tentativa de intimidação e um indício de Cabral estaria recebendo informações indevidas dentro do presídio.

A defesa de Cabral argumenta que os fatos citados no interrogatório são de conhecimento público. Os advogados do ex-governador alegam que sua transferência para outro estado poderia significar ameaça a sua segurança, porque Cabral se empenhou para obter a transferência de vários criminosos de alta periculosidade para presídios federais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Deputados aprovam ocorrência de estado de calamidade em Coronel Sapucaia
PREVENÇÃO
Em fiscalização, polícia retira vários petrechos ilegais de pesca do rio Miranda
TEY CUÊ
Mulher é encontrada morta em Caarapó
BRASIL
Ministros da Agricultura e Meio Ambiente confirmam ida ao Pantanal
FISCALIZAÇÃO
Caçadores fogem da polícia e abandonam armas na MS-435
TRÁFICO
Perseguição termina com capotamento e mais de meia tonelada de maconha apreendida
TRÁFICO DE DROGAS
Paranaenses são presos com quase 40 kg de haxixe em Iguatemi
DOURADOS
Gaeco deixa edifício com documentos apreendidos após mais de 5h
PANDEMIA
Com quase 70 mil casos de coronavírus, MS ultrapassa 1.300 óbitos
LIBERTADORES
Flamengo recebe Del Valle em jogo com cara de revanche

Mais Lidas

REGIÃO
Homem que disse ter encontrado mulher morta volta atrás e confessa feminicídio
LAGUNA CARAPÃ
Homem sente falta de esposa, vai procurar e a encontra morta em poço
DOURADOS
Disputa pela prefeitura tem dois milionários e total de bens chega a R$ 13 milhões
CAPITAN BADO
Ataque de pistoleiros a veículo deixa dois mortos na fronteira